A Globo segue providenciando ajustes em “A Lei do Amor” a fim de melhorar a aceitação da novela, que tem registrado audiência abaixo do esperado desde a estreia. Uma das próximas medidas adotadas pelos autores Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari é promover uma passagem de tempo, que acontecerá já no capítulo da próxima quinta-feira (15).

Segundo a coluna de Patrícia Kogut, 15 cenas irão pontuar um longo salto temporal. A ideia é conferir mais dinamismo aos capítulos e adiantar algumas tramas que, a princípio, se desenrolariam mais lentamente, como a reaparição de Isabela (Alice Wegmann): dada como morta em um atentado, ela voltará à trama em breve, usando outra identidade.

A preocupação da Globo com o folhetim das 21h tem razão de ser: a audiência tem se mantido na faixa dos 25 pontos, insatisfatórios para o horário nobre. Não raramente, o roteiro assinado por Maria Adelaide Amaral fica atrás de outras atrações da casa, como a novela das sete, “Rock Story”, e o “Jornal Nacional”.

Os índices fracos levaram a emissora a antecipar os grupos de discussão sobre a novela – e a impor mudanças, tão logo os problemas foram detectados. Uma das mais afetadas foi a personagem Letícia (Isabella Santoni): considera “chatinha” pela plateia, ela teve seu comportamento alterado e passou a defender a mãe, Helô (Cláudia Abreu), das maldades de Tião (José Mayer), a quem antes apoiava.

Compartilhe