Connect with us

Cinema

Confira os 20 filmes que disputam o Oscar de Efeitos Visuais

Published

on

Vingadores 4: Uma das continuações mais esperadas de 2019 está na pré lista dos indicados ao Oscar de Efeitos Visuais

Vingadores 4: Uma das continuações mais esperadas de 2019 está na pré lista dos indicados ao Oscar de Efeitos Visuais

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que entrega o Oscar, divulgou os 20 filmes que estão disputando uma vaga na categoria de Efeitos Visuais para a cerimônia de 2019. Algumas ausências foram sentidas entre os críticos,  como Venom, Deadpool e o mais novo filme de Mogli.

—Xuxa Meneghel faz emocionante texto de despedida do Dancing Brasil  —

Não é novidade que todos os três filmes da Marvel de super herói do ano, assim como Solo, o Str Wars do ano, e o ainda não lançado O Retorno de Mary Poppins estejam na lista. Algumas surpresas incluem o filme Isle of Dogs e a animação Os Incríveis 2, marcando a primeira vez que um longa-metragem de animação em computação gráfica é colocado na corrida pelo oscar de efeitos visuais. Há dois anos, Kubo e as Cordas Mágicas conseguiu ser indicado, mas sua tecnologia era a de stop-motion.

— Ratinho tem a maior audiência do dia no SBT; Confira as prévias —

Além dos óbvios Guerra Infinita e Pantera Negra, outros filmes esperados foram reconhecidos, como Missão Impossível – Fallout, Jogador Número 1, Jurassic World: Reino Ameaçado e Aquaman.

Confira a lista completa abaixo. Esses candidatos serão mais reduzidos, chegando a 10 candidatos mês que vem, antes dos 5 indicados, que serão conhecidos em 22 de janeiro de 2019.

Homem-Formiga e a Vespa
Aquaman
Vingadores: Guerra Infinita
Pantera Negra
Bumblebee
Christopher Robin
Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald
O Primeiro Homem
Os Incríveis 2
Ilha dos Cães
Jurassic World: Reino Ameaçado
O Retorno de Mary Poppins
Missão Impossível – Fallout
Motores Mortais
O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos
Paddington 2
Um Lugar Silencioso
Jogador Número 1
Solo: Uma História Star Wars
Bem-vindo ao Marwen

O Oscar de Efeitos Visuais existiu na primeira edição do prêmio, em 1929, quando era chamado de “Oscar de Engenharia de Efeitos”. Voltou a ser entregue 10 anos depois, chamado de “Realização Especial para Efeitos Especiais”. No ano seguinte, foi renomeado para “Efeitos Especiais” e passou por um período de adaptação onde ou não era entregue ou chamado por outro nome, até 1978, onde começou a ser chamado de Efeitos Visuais e segue até hoje.

— Matheus Mazzafera revela que já brigou com celebridade; Saiba quem —

Ciumenta? Em conversa ao O Canal, Giovanna Ewbank revela se sente ciúmes de Bruno Gagliasso em cenas românticas. Assista:

Clique para comentar!

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
Notify of

Cinema

Ator de Matrix dubla personagem misterioso em Toy Story 4

Published

on

Toy Story 4: Sequência da Disney estreia em julho de 2019. (Foto: Reprodução)

Keanu Reeves, mais conhecido do grande público por ser o astro de Matrix, fará sua estreia no mundo das animações. O ator tem uma longa história no cinema ao longo das décadas, mas é um fato curioso que ele nunca emprestou sua voz para um projeto de animação de estúdio – até agora. O ator confirmou, em entrevista ao Collider, que dublou um personagem em Toy Story 4, sequência da Disney que está chegando, mas não quis dar mais detalhes sobre.

— Com nova novela, Alcides Nogueira pode acirrar ânimos entre Silvio de Abreu e Benedito Ruy Barbosa na Globo —

Em novembro, um dos cabeças de Toy Story, Tim Allen, foi entrevistado no The Tonight Show com Jimmy Fallon e havia falado que que Keanu se juntou ao elenco. “Eles realmente vão surpreendê-lo com os brinquedos que eles inventaram”, disse Allen. “Personagens voltam, há novas figuras que são ótimas, e vou contar uma novidade a vocês: Keanu Reeves tem um grande papel.”

O ator falou sobre como foi trabalhar no filme e como se deu todo o processo. “Eu recebi um telefonema, que foi muito legal, das pessoas adoráveis da Pixar e dos criadores dessa continuação da história. Eles me apresentaram o personagem e então me deixaram se aprofundar mais nele.. “Reeves contou que ele fez quatro sessões de gravação para o filme até agora.

— Futura ministra Damares Alves sofre bullying e Danilo Gentili a defende— 

Naturalmente, Reeves manteve segredo sobre as partes que interpreta no filme – afinal, a história do filme é um mistério desde que ele foi anunciado pela primeira vez. Naquela época, John Lasseter estava pronto para dirigir uma “comédia romântica” que envolvia Woody (Tom Hanks) e Bo Peep (Annie Potts). No entanto, anos desde que o filme foi anunciado, os criadores originais saíram, o filme passou a se chamar Toy Story 4, John Lasseter deixou o cargo e Josh Cooley assumiu, e Lasseter deixou a Pixar este ano e o projeto passou por reformulações.

O mistério acaba dia 21 de junho de 2019, quando Toy Story 4 chegar aos cinemas.

— Band realiza especial do MasterChef com ex-participantes e Erick Jacquin —

Continue Lendo

Cinema

Bohemian Rhapsody quebra recorde; entenda

Published

on

Bohemian Rhapsody: cinebiografia do Queen é uma das favoritas nas categorias do Globo de Ouro (Foto: Divulgação)

A equipe por trás da cinebiografica de Freddie Mercury, Bohemian Rhapsody, pode cantar mesmo que é a campeã do mundo. Ao menos nas bilheterias.

Com os dados atualizados do final de semana, o filme foi coroado o filme biográfico de maior bilheteria de todos os tempos, faturando US$ 608,7 milhões em todo o mundo. Bohemian Rhapsody, que conta a história do Freddie Mercury e dos membros do Queen também é um sucesso no mercado interno (Estados Unidos-Canadá), arrecadando US$ 175 milhões desde novembro. A vitória levou o detentor do recorde anterior, a cinebiografia Straight Outta Compton, ao segundo lugar.

— Kéfera arma barraco com convidado da plateia e Fátima Bernardes tenta amenizar —

O mérito é ainda maior quando se leva em conta a saída de Brian Singer, diretor e produtor da obra, da pós-produção do filme ao final da mesma e quando se considera a morna recepção crítica.

A notícia casa com outra: A de que música da banda que dá o título ao filme, Bohemian Rhapsody, foi a mais tocada em serviços de streaming no século.

Bohemian Rhapsody foi recentemente contemplado com duas indicações ao Globo de Ouro:Melhor Filme – Drama e Melhor Ator em Drama por Rami Malek, por sua interpretação do falecido Freddie Mercury. Além disso, o filme também conseguiu duas indicações ao Sindicato dos Atores dos Estados Unidos: Melhor Elenco e Melhor Ator Principal (novamente, Rami Malek).

— Sonia Abrão dispara contra Anitta: “Inventa coisas para virar notícia” —

Em uma entrevista a EW, Malek comentou a responsabilidade do papel ao qual deu vida:

“O poder que o Queen exala transcende qualquer tipo de limites, não apenas através de sua música, mas da maneira como eles se comunicam”, ele compartilhou. “Há algo sobre isso que atinge você muito profundamente.”

— Marcello Melo Jr. revela intimidades: “No final todo mundo relaxou, todo mundo go***” —

Continue Lendo

Cinema

Sony quer fazer filme com vilões do Homem-Aranha

Published

on

Sexteto Sinistro: Filme com vilões do Homem-Aranha pode acontecer (Foto: Reprodução/Marvel)

Antes do acordo com a Marvel ser fechado, a Sony possuía vários projetos conhecidos para o Universo do Homem Aranha. Havia o filme do Venom (que saiu do papel e foi um sucesso de bilheteria inesperado), um spinoff centrado nas mulheres e um filme do Sexteto Sinistro. Esses projetos foram descartados após o fracasso crítico e numérico de O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro, mas um deles parece ter voltado as pautas do estúdio: O Sexteto Sinistro, um grupo formado por clássicos vilões dos Homem-Aranha.

—A responsabilidade da mídia em relação a João de Deus  —

Á época, a Sony estava tão otimista com o Sexteto Sinistro que chegou a adiar a data de lançamento de The Amazing Spider-Man 3 e decidiram que o filme dos vilões seria o próximo a ser produzido. Mas daí o Espetacular Homem-Aranha 2 foi bastante rechaçado pela crítica e tornou-se o filme Homem-Aranha com menor bilheteria e, nos bastidores, começou a se falar de fato sobre um projeto que há anos não entrava em pauta: aliar-se a Kevin Feige, da Marvel Studios. De fato, a franquia Homem-Aranha foi reiniciada mais uma vez, desta vez com a Marvel Studios assumindo a liderança criativa, e todos esses planos de spin-off foram para o lixo.

Mas agora Amy Pascal, presidente da Sony, diz que Sexteto Sinistro ainda pode acontecer. Durante uma entrevista com a Vanity Fair ligada ao filme de animação aclamado pela crítica Homem Aranha no Aranhaverso, que é completamente produção da Sony Pictures e não tem envolvimento da Marvel Studios – Pascal, disse que está pronta para fazer o filme assim que Drew Goddard (que estava acertado para dirigir o projeto original) quiser.

— Band realiza especial do MasterChef com ex-participantes e Erick Jacquin  —

É fácil entender o sentimento de otimismo que tomou a Sony agora, para fazê-la reviver os projetos engavetados do universo do Homem Aranha. Além do sucesso comercial estrondoso de Venom, a animação de Miles Morales, o Homem-Aranha no Aranhaverso, vem sido aclamada pela crítica de todo o mundo como uma das melhores produções feitas sobre o cabeça de teia e indicada a diversas premiações.

É o momento ideal para a Sony dar um passo à frente da Marvel nas adaptações do universo Aranha. Espera-se que ela consiga – e que, diferente de Venom, as próximas produções sejam mais do que simples sucessos comerciais: Tragam uma história bem pensada, uma produção de qualidade e um bom roteiro.

— Sob Pressão desbanca novelas em premiação da Globo —

Continue Lendo