CONECTE-SE CONOSCO

Cinema

Record divulga trailer do filme Nada a Perder e vira piada na internet

Publicado há

em


Nesta segunda-feira, 05, a Record TV divulgou o trailer do filme Nada a Perder, que contará a trajetória de Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus. Antes de divulgar, a emissora destacou que o longa-metragem é um dos filmes mais esperado do ano.
O anúncio acabou virando piada nas redes sociais, fazendo o nome Edir Macedo virar um dos assuntos mais comentados do momento no Twitter. “A record deveria tomar vergonha na cara por fazer propaganda enganosa” comentou um. (mais comentários no final da publicação).
Sobre o filme: Nada a Perder mostrará, em uma trilogia, a trajetória não contada de Edir Macedo, o homem que rompeu com a tradição religiosa brasileira e se tornou um dos maiores líderes do País.

Facebook Comments

CLIQUE PARA COMENTAR

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cinema

Veja Carla Diaz em “A Menina Que Matou Seus Pais”

Publicado há

em

Carla Diaz. Atriz será estrela do filme. (Foto: Reprodução)


Um dos casos mais conhecidos da história criminal brasileira, a morte de Manfred e Marisa Von Richtofen organizada pela própria filha, Suzane Von Richtofen, ganhará as telonas em 2020, com o longa chamado “A Menina Que Matou Seus Pais”, escrito por Ilana Casoy (criminóloga e roteirista) e Raphael Montes (escritor de livros policiais).
Carla Diaz foi a atriz escolhida para interpretar Suzane na história. Junto com a notícia, há um tempo, foi divulgada a primeira imagem da atriz caracterizada como a jovem. Veja:

Carla Diaz caracterizada como Suzane Von Richtofen. (Foto: Divulgação)


A produção é da Santa Rita Filmes e previsão é para 2020.
Agora, mais uma foto da atriz caracterizada foi divulgada:

Carla Diaz surgiu no meio ainda criança, quando aos 4 anos, participou da última versão de “Éramos Seis” feita pelo SBT. Logo depois, teve um papel de destaque nos anos iniciais de “Chiquititas”, até explodir para o grande público com a Khadija, de “O Clone”. Filha da protagonista interpretada por Giovanna Antonelli, a personagem logo caiu nas graças de todos pelo seu bordão e pelas roupas e danças.
O filme “A Menina Que Matou Seus Pais” deve abordar os bastidores e consequências do crime que, em 2002, chocou o país. Suzane, à época, confessou ter planejado o assassinato dos pais, ao lado do namorado Daniel Cravinhos e do irmão dele, Cristian.

Facebook Comments

CONTINUE LENDO

Cinema

Infográfico aponta qual James Bond foi o mais mortal, boêmio e sedutor; confira

Publicado há

em

James Bond: Daniel Craig e 007 Cassino Royale (Foto: divulgação)

James Bond: Daniel Craig e 007 Cassino Royale (Foto: divulgação)


O charme, o apreço por vodka-martini, a sedução com as mulheres e mortal com os inimigos. Essas são características marcantes do personagem James Bond, que já foi interpretado por 7 atores nos cinemas e um na televisão (isso mesmo, houve um telefilme de 007) ao longo de 53 anos da franquia que está prestes a lançar o 25° filme.
Ao longo de mais de uma década de muitas missões secretas, gadgets, vilões consagrados, bond girls e drinks. Enquanto o próximo filme, com previsão de lançamento em 2020, ainda segue um mistério, incluindo a possibilidade do Bond não ser o protagonista do longa, um infográfico desenvolvido pela Betway, plataforma de online cassino, reúne dados e apontam quais dos atores que interpretaram o espião mais famoso do mundo.
De acordo com o Bond em Números, o atual (até agora) James Bond, Daniel Craig, é o que mais bebe em cena, com uma média de 21,25 drinks nos quatro filmes interpretados por ele, sendo em sua estreia, no filme Cassino Royale (2006), ele consume 26 doses.
Craig também protagoniza o filme mais lucrativo, Operação Skyfall (2012), que faturou US$ 1.100.526.981 nas bilheterias, tendo US$ 910.526.981. O longa também foi responsável pelo hit “Skyfall” da cantora Adele, que posteriormente recebeu o Oscar de melhor canção original. A outra estatueta do filme na premiação de 2013 foi para melhor edição de som.
James Bond: Cantores Adele e Sam Smith receberam o Oscar de melhor canção original em filmes da série 007 (Colagem: O Canal)

James Bond: Cantores Adele e Sam Smith receberam o Oscar de melhor canção original em filmes da série 007 (Colagem: O Canal)


Ainda na maior premiação do cinema americano, a franquia do espião inglês recebeu a estatueta por dois anos consecutivos, entre 1965 e 1966. As vitórias foram pelas categorias de melhores efeitos sonoros e efeitos visuais, pelos filmes Contra Goldfinger (1965) e Contra a Chantagem Atômica (1966), respectivamente. O cantor Sam Smith também recebeu a estatueta pela categoria melhor canção original pelo filme Spectro (2015).
Se Craig foi o que mais bebeu, Pierce Brosnan foi o mais mortal. Somente no filme GoldenEye, na estreia do ator, ele matou 47 inimigos. Com os outros três longas interpretados por Brosnan, ele somou 135 assassinatos.
James Bond: Pierce Brosnan foi o 007 que mais matou na franquia (Foto: divulgação)

James Bond: Pierce Brosnan foi o 007 que mais matou na franquia (Foto: divulgação)


O sucesso entre as mulheres é uma característica marcante no espião e os números comprovam isso. Em 24 filmes, o espião somou 58 casos românticos, sendo que em dois longas Só se vive duas vezes (1967), com Sean Connery, e Na Mira dos Assassinos (1985), com Roger Moore, cada um teve quatro amantes em tela.
Os gadgets, curiosidades sobre armas, e até passaram pela análise do infográfico. Um prato cheio aos fãs e curiosos.
O filme Bond 25, que está em gravações, traz de volta Daniel Craig como James Bond e ainda terá Rami Malek, vencedor do Oscar por Bohemian Rhapsody (2018), como o grande vilão.

Facebook Comments

CONTINUE LENDO

Cinema

Carla Diaz interpretará Suzane Von Richtofen nos cinemas

Publicado há

em

Carla Diaz. Atriz será estrela do filme. (Foto: Reprodução)


Um dos casos mais conhecidos da história criminal brasileira, a morte de Manfred e Marisa Von Richtofen organizada pela própria filha, Suzane Von Richtofen, ganhará as telonas em 2020, com o longa provisoriamente chamado “A Menina Que Matou Seus Pais”, escrito por Ilana Casoy (criminóloga e roteirista) e Raphael Montes (escritor de livros policiais).
E, de acordo com informações exclusivas divulgadas pelo blog de Hugo Gloss, Carla Diaz foi a atriz escolhida para interpretar Suzane na história. Junto com a notícia, foi divulgada a primeira imagem da atriz caracterizada como a jovem. Veja:

Carla Diaz caracterizada como Suzane Von Richtofen. (Foto: Divulgação)


A produção é da Santa Rita Filmes e previsão é para 2020.

Carla Diaz surgiu no meio ainda criança, quando aos 4 anos, participou da última versão de “Éramos Seis” feita pelo SBT. Logo depois, teve um papel de destaque nos anos iniciais de “Chiquititas”, até explodir para o grande público com a Khadija, de “O Clone”. Filha da protagonista interpretada por Giovanna Antonelli, a personagem logo caiu nas graças de todos pelo seu bordão e pelas roupas e danças.
O filme “A Menina Que Matou Seus Pais” deve abordar os bastidores e consequências do crime que, em 2002, chocou o país. Suzane, à época, confessou ter planejado o assassinato dos pais, ao lado do namorado Daniel Cravinhos e do irmão dele, Cristian.

Facebook Comments

CONTINUE LENDO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

⚡EM ALTA