Siga-nos


Futebol

Saiba porque lista da FIFA tem mais filiados que a ONU

Published

on

A Federação Internacional de Futebol (FIFA), por mais curioso que possa parecer, possui mais países filiados que a principal entidade intergovernamental do mundo, a Organização das Nações Unidas (ONU). São 221 países afiliados à FIFA contra 193 da ONU, totalizando 25 países que não fazem parte da organização ou são representados por outras entidades.

A presença e ausência de países na lista de cada entidade com certeza deve causar dúvidas nos torcedores que acompanham as seleções que participam de torneios mundiais e continentais organizados pela FIFA, alguns dos quais são exibidos no Brasil pela Band.

A Inglaterra, por exemplo, cuja seleção já foi campeã da Copa do Mundo de 1966 e que chegou às semifinais do Mundial de 2018, destacando-se também em sites de apostas esportivas durante a competição, não aparece na lista de países associados à ONU. A partir dessas informações, duas questões devem ter surgido na mente dos apaixonados pelo esporte: quais plataformas de apostas disponíveis no Brasil são confiáveis e por qual motivo a Inglaterra é um membro da federação de futebol, mas não da entidade intergovernamental?

Bom, para saber se um site é confiável, basta conferir as análises de especialistas que, além de indicar quais as melhores plataformas de apostas existentes, também apresentam os principais bônus e benefícios oferecidos aos usuários de cada uma delas. Agora, para conferir a razão pela qual há essa disparidade entre a lista de países filiados à ONU e à FIFA, basta ler nossa explicação abaixo.

FIFA 221 x 193 ONU

O número superior de países afiliados à FIFA pode ser explicado por uma estratégia da organização colocada em prática em 1974, quando o nosso compatriota João Havelange era o presidente da maior entidade do futebol mundial.

O radical método adotado pelo brasileiro tornou possível a filiação de novos membros que não eram necessariamente reconhecidos como países. Além disso, outra explicação para a maior quantidade de afiliados da FIFA é a presença de países como a Inglaterra e a Irlanda do Norte, cuja representação na ONU é realizada pelo Reino Unido.

Na FIFA, mas não na ONU

Conforme indicado anteriormente, existem países que estão afiliados à FIFA como entidades independentes, mas que são representados na ONU por uma entidade conjunta. O Reino Unido surge como o caso mais emblemático, possuindo um total de 12 bandeiras diferentes na entidade máxima do futebol que, além dos países já citadas, incluem Escócia, País de Gales e territórios ultramarinos como Anguilla, Bermudas, Gibraltar, Montserrat, Ilhas Turcas e Caicos.

Outras situações semelhantes são as de entidades como Guam, Porto Rico, Ilhas Virgens Americanas e Samoa Americana, todos territórios dos Estados Unidos sem representação na ONU, mas que estão presentes de maneira independente na FIFA.

Há, ainda, o caso de Hong Kong, Macau e Taiwan, que estão ligados à China, mas que surgem de maneira independente na federação de futebol. Enquanto as duas primeiras são regiões administrativas especiais, a terceira é uma espécie de província renegada. A situação entre China e Hong Kong, inclusive, não é das melhores atualmente. Uma onda de protestos pró-democracia vem acontecendo em Hong Kong alimentados pelo temor de que sua autonomia em relação ao governo central chinês esteja sendo destruída.

A lista da Federação Internacional de Futebol também possui a Palestina e o Kokoso, que se autodeclaram como países, possuindo suas respectivas seleções de futebol, mas que não são reconhecidas pela totalidade das nações que fazem parte das Nações Unidas.

Os demais casos são as ilhas caribenhas Aruba e Curaçao, territórios independentes da Holanda. Por fim, as Ilhas Cook, Ilhas Faroé e Nova Caledônia estão ligados à Nova Zelândia, Dinamarca e França, respectivamente.

Na ONU, mas não na FIFA

O Reino Unido, cuja saída da União Europeia deve trazer efeitos e riscos ao futebol europeu, não aparece na lista da federação de futebol já que conta com representações individuais.

Além dele, existem países que estão nas Nações Unidas, mas que não possuem uma seleção de futebol, a saber: Kiribati, Ilhas Marshall, Micronesia, Nauru, Palau e Tuvalu.

Comentários

Publicidade


Futebol

Por futebol, Globo cancela novelas no Sul

Published

on

Afiliada da Globo no Sul abre mão de novelas para exibir as duas partidas do dia da Copa do Brasil, que conta com 3 sulistas entre o semifinalistas. (Foto: Reprodução/Globo)

Afiliada da Globo no Sul abre mão de novelas para exibir as duas partidas do dia de futebol da Copa do Brasil, que conta com 3 sulistas entre o semifinalistas. (Foto: Reprodução/Globo)

Nesta quarta, dia 04, afiliadas da Rede Globo na Região Sul abrirão mão de novelas por futebol

Os fanáticos por futebol da região Sul tem o que comemorar.

Afinal, os dois times de maior tradição do Rio Grande do Sul, Grêmio e Internacional, são ambos semifinalistas da Copa do Brasil de 2019. O Athlético-PR, do Paraná, tb está na briga.

Enquanto o Grêmio pega o Athlético-PR na casa do adversário, às 19h, o Internacional enfrenta o atual campeão, Cruzeiro, às 21h, em seu estádio. Para exibir os dois jogos dentro do estado, então, as afiliadas locais não exibirão os capítulos de Bom Sucesso e A Dona do Pedaço do dia, uma decisão curiosa.

No Rio Grande do Sul, nem Órfãos da Terra será exibida, devido a um especial denonimado “Copa dos Gaúchos”.

Jornal Nacional será exibido entre as dua partidas - e deve ter uma duração menor também (Imagem: Reprodução / Globo)

Jornal Nacional será exibido entre as dua partidas – e deve ter uma duração menor também (Imagem: Reprodução / Globo)

No Paraná, Órfãos da Terra começará mais cedo, às 18h04, já emendando no futebol do jogo Athlético-PR x Grêmio. Em seguida, uma curta edição do Jornal Nacional e, logo depois, a partida entre Internacional e Cruzeiro.

Já no Rio Grande do Sul, após Malhação, será exibido o especial Copa dos Gaúchos. Em seguida, às 19h, a partida entre Athlético-PR e Grêmio, seguida do Jornal Nacional e de Internacional x Cruzeiro.

Para compensar a ausência, nos próximos dias as afiliadas locais da Rede Globo exibirão capítulos maiores das novelas a fim de alcançarem novamente a exibição no restante do país.

Vale lembrar, as partidas de futebol são o jogo de volta e decidem os finalistas do torneio. No primeiro jogo de cada uma da disputas, o Internacional venceu o Cruzeiro por 1 a 0 e o Grêmio bateu o Athlético por 2 a 0.

Comentários

Continue Lendo

Futebol

Flamengo ultrapassa os 40 pontos no Rio de Janeiro

Published

on

Partida classificou Flamengo para as semis da competição (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Partida classificou Flamengo para as semis da competição (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

O jogo que classificou o Flamengo para uma semifinal de Libertadores da América depois de 35 anos também rendeu ótimos números para a Rede Globo, especialmente no Rio de Janeiro, cidade-sede do time.

Lá, a Rede Globo conseguiu ótimos 42 pontos de média – a 3ª maior audiência de uma transmissão de futebol no estado da Cidade Maravilhosa em 2019 (e, vale lembrar, outra dessas médias também é do Flamengo – 43 pontos no jogo contra o Emelec).

Mesmo em São Paulo, o Flamengo conseguiu um ótimo resultado.

A partida rendeu 29 pontos de média – superior inclusive aos jogos de times paulistas, como Palmeiras e São Paulo, no ano, que mesmo em suas partidas de maior audiência no ano em meio de semana, não chegaram a essa faixa de pontos.

O time rubro-negro só não venceu mesmo os recordes do Corinthians, que em solo paulista, ainda é o recordista de audiência.

Inclusive, o recorde de uma partida de quarta-feira em SP é justamente o jogo entre Flamengo x Corinthians, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Na semifinal do campeonato continental, o Flamengo enfrenta o Grêmio, outro time brasileiro, e mantém vivo o sonho do título que não conquista desde 1981.

Na partida decisiva das quartas, o Flamengo entrou em campo com a vantagem de ter vencido o Inter por 2×0 em casa no jogo de ida. Poderia perder por até um gol de diferença, mas o time fez sua lição de casa e diante de um Beira Rio lotado, arrancou um empate de 1×1 e conseguiu a vaga.

Comentários

Continue Lendo

Futebol

Libertadores: Queda do Palmeiras dá recorde à FOX Sports

Published

on

Eliminação do Palmeiras e classificação do Grêmio à semifinal da Libertadores dá audiência recorde a FOX Sports. (Foto: Rahel Patrasso/Reuters)

Eliminação do Palmeiras e classificação do Grêmio à semifinal da Libertadores dá audiência recorde a FOX Sports. (Foto: Rahel Patrasso/Reuters)

Eliminação do Palmeiras e classificação do Grêmio à semifinal da Libertadores dá audiência recorde a FOX Sports. (Foto: Rahel Patrasso/Reuters)

Eliminação do Palmeiras e classificação do Grêmio à semifinal da Libertadores dá audiência recorde a FOX Sports. (Foto: Rahel Patrasso/Reuters)

Exibido na última terça-feira, dia 27, o jogo de volta entre Palmeiras e Grêmio, no Pacaembú, válido pelas quartas-de-final da Libertadores da América 2019 deu ao canal de tv fechada, FOX Sports, números para se orgulhar.

De acordo com os dados divulgados pelo Observatório da Televisão, o jogo atingiu 16,50 pontos de audiência na Grande São Paulo, um recorde para o canal de tv fechada, que divide o torneio com a SporTV e a Rede Globo.

O recorde quebrado, vale dizer, era da partida de ida, da semana anterior, entre os times, mostrando que o investimento em exibir o campeonato tem dado certo.

No jogo, o Palmeiras chegou com a vantagem por ter vencido na casa do adversário por 1×0 o primeiro jogo. Abriu o placar logo no começo e viu a classificação ser praticamente confirmada, porém tomou a virada ao levar 2 gols (de Alisson e Éverton Cebolinha) em menos de 5 minutos.

Com o placar agregado de 2×2, o Grêmio avançou de fase por ter marcado mais gols fora de casa – critério de desempate na competição.

Na semifinal, o Grêmio enfrenta outro clube brasileiro, o Flamengo, que eliminou na noite de ontem o rival do time de azul, o Sport Club Internacional.

Veja outros números da transmissão:

  • PNT (Painel Nacional de Televisão): 15,35
  • PNT na audiência demográfica  do canal (homens entre 18/49 anos): 9,04
  • Demográfica em SP: 9,56
  • Alcance em milhões: 3,17 milhões
  • 96% de participação entre tvs ligadas em emissoras esportivas

Comentários

Continue Lendo

Publicidade

⚡EM ALTA