Connect with us

Noticia

Lutando contra o câncer, Felipeh Campos aparece com visual surpreendente

Published

on

Felipeh Campos com implante capilar. (Foto: Reprodução)

Felipeh Campos com implante capilar. (Foto: Reprodução)

Nesta sexta-feira (14), o apresentador Felipeh Campos, que está lutando contra o câncer, postou em seu Instagram uma foto em que aparece com implante capilar. Por conta do tratamento, ele decidiu raspar seu cabelo antes que começasse a cair.

Leia também: A Fazenda: Saiba quem são os possíveis nomes cotados para nova temporada

“Hoje foi dia de experimentar as minhas próteses capilares. Meu amigo Zezinho – o melhor do Brasil – quando soube do meu problema começou desenvolver cores, modelos e várias formas para usá-las !! Amei o resultado. Muito obrigado amigo”, disse Felipeh na rede social.

A colega de trabalho do apresentador, Sônia Abrão, disse que o tratamento de Felipeh está dando certo e o câncer está regredindo após a quinta sessão de quimioterapia.

“Direto da Central dos Bafões de Felipeh Campos, com Vladimir Alves, Márcia Piovesan e comigo! E com ótima notícia: Felipeh fez a quinta sessão de quimioterapia hoje e o tumor já começou a regredir! Deus é mais!!! Ah, quem tirou a foto foi a Trufa!”, disse Sônia, também no Instagram, em uma foto ao lado do companheiro de trabalho.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Resultado final !! Amei @protesecapilarzezinho .. muito obrigado amigo 🍎🍎❤️❤️😘😘

Uma publicação compartilhada por 🔱 Felipeh Campos 🔵 (@felipehcampos) em

Clique para comentar!

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
Notify of

Coluna

Como o limite entre a arte e o papel social das novelas virou tema no Brasil

Published

on

Ionan (Armando Babaioff) e Maura (Nanda Costa) em cena; casal da ficção foi vítima de comentários de alguns internautas. (Foto: Reprodução)

Ionan (Armando Babaioff) e Maura (Nanda Costa) em cena; casal da ficção foi vítima de comentários de alguns internautas. Como o limite entre a arte e o papel social da novela virou tema no Brasil? (Foto: Reprodução)

Nos últimos anos, é notório que as classes sociais desfavorecidas e todos os tipos de minorias políticas vem fazendo um grande trabalho em apontar algumas injustiças que, antes passada despercebidas, hoje não tem mais espaço para serem reproduzidas na TV e internet. Ou, ao menos, não deveria ter.

Caso recente é a manifestação entre artista e a população em favor à cantora Claudia Leitte durante um episódio de constrangimento no Teleton. Entretanto, quando se cobrado um outro posicionamento de personalidades na vida real, essa exigência de adequadação para uma nova sociedade não deveria impedir de que algumas histórias nas dramaturgias possam continuar sendo contadas.

A novela Segundo Sol, encerrada na última sexta-feira, 09, foi alvo de diversos comentários negativos por conta do enredo de alguns dos seus personagens. O caso de Maura (Armando Babaioff) e Ionan (Nanda Costa), é um dos exemplos em que os telespectadores não aceitaram o fato da personagem, bissexual, pudesse transitar entre os dois gêneros durante a sua história. E, quando exibido um relacionamento a três entre eles e Selma (Carol Fazu), a polêmica ficou ainda maior.

Na mesma novela, a personagem Rochelle (Giovanna Lancelotti) acusou Roberval (Fabricio Boliveira) de abuso sexual, como vingança após ser humilhada pelo mesmo. No Twitter, o público que comentava o folhetim on-line questionou a cena, sobretudo, porque contribuiria para pensamentos machistas que desconfiam das mulheres quando elas denunciam casos de assédio, abuso e estupro.

Os autores, que cada vez mais vem sofrendo grande pressão e sofrendo interferências de superiores por conta do público, discordam de tamanho repúdio e lembram que o papel artístico da dramaturgia é discutir um assunto sob várias óticas e propor um diálogo saudável sobre todos os temas, por mais espinhosos que sejam.

João Emanuel Carneiro, autor de Segundo Sol e Avenida Brasil na Globo, já declarou que considera que a novela tem papel importante de levantar discussões e a sociedade deve manter o debate. Aguinaldo Silva, de O Sétimo Guardião, pensa que dramaturgia é ficção e não tem por obrigação fazer o chamado merchan social (a inserção – intencional, sistemática e com propósitos educativos bem definidos – de questões sociais e mensagens educativas nas tramas e enredos das telenovelas, minisséries e outros programas de TV).

Diante de toda a vigilância, os autores de telenovelas estão cada vez mais sob o risco de serem acusados de algo que não são apenas por conta de suas obras. O rumo que as coisas podem tomar é perigoso e faz com que cada vez mais as histórias fiquem parecidas e sem causar grande impacto e/ou debate para quem está do outro lado da tela.

Leia também: Como Cláudia Leitte retomou a discussão sobre Silvio Santos assediar convidados

 

Continue Lendo

Coluna

Maisa x Raul Gil: O poder das redes sociais na democratização da notícia

Published

on

No Teleton, Raul Gil enaltece Bolsonaro e Maisa corta o apresentador. (Foto: Reprodução)

No Teleton, Raul Gil enaltece Bolsonaro e Maisa corta o apresentador. (Foto: Reprodução)

Dando início a sua funcionalidade no Brasil na década de 80, a internet vem se aperfeiçoando cada vez mais para tornar-se uma forma de comunicação mais ágil e prática. Durante todos esses anos, ela vem agindo como uma ferramenta essencial para compartilhamento de informações e acabou por democratizar a notícia em todo o espaço em que ela chega.

Essa democratização e forma fácil de se ver notícias, muitas vezes sem filtros, porém, tem sido fator decisivo e, às vezes, se cometem erros muito grandes. Na tarde do último sábado, 10, enquanto apresentava o Teleton no SBT, a atriz Maisa Silva interroupeu Raul Gil durante um discurso do apresentador pró-Bolsonaro ao vivo.

“Porque os ‘ladrões do povo’ estão sumindo e vão sumir. O homem chegou aí, meu. E ele vai doar também, viu? Alô, Bolsonaro, não esqueça que Deus te deu essa divina luz. Então passe um pouco dessa luz…”, propagandeou Raul Gil, durante a maratona de solidariedade.

A atriz mirim que faz sucesso na internet, aparentemente desconfortável, tentou contornar a situação e falar por cima de Raul Gil, voltando o foco para o programa e a doação que estava sendo feita por uma empresa naquele exato momento. “Qual é o valor do cheque?”, quis saber Maisa, interrompendo de forma abrupta o elogio do apresentador para Jair Bolsonaro.

Imediatamente, diversas notícias e vídeos do momento se espalharam pelas redes e, em seus perfis, Maisa passou a receber inúmeros comentários contra e a favor de sua atitude. Porém, nos bastidores do SBT, é unanimidade entre a produção dizer que não houve o tal climão tão espalhado na internet, mas que foi ordem da direção para apressar porque o cronograma estava atrasado.

Este acontecimento entre Maisa Silva e Raul Gil – responsável por descobrir a atriz quando ela tinha três anos -, não é o primeiro caso de julgamento precipitado nas redes sociais. Em sua maioria, em situações até mais graves, os artistas sempre precisam ir à público para poder explicar o que nem sempre aconteceu e amenizar os ânimos dos internautas.

Leia também: Como Maisa Silva tornou-se uma unanimidade

Continue Lendo

Coluna

Maitê Proença é sondada para ser ministra de Bolsonaro; Relembre outros famosos que tiveram cargo na política

Published

on

Maytê Proença é sondada para ser ministra de Bolsonaro; Relembre outros famosos que tiveram cargo na política. (Foto: Reprodução)

Maytê Proença é sondada para ser ministra de Bolsonaro; Relembre outros famosos que tiveram cargo na política. (Foto: Reprodução)

O nome da atriz Maitê Proença foi sugerido ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para assumir o Ministério do Meio Ambiente. A proposta, segundo informações do jornalista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, teria partido de um grupo de ambientalistas, economistas e pesquisadores.

Mesmo sem ser filiada a um partida, Maitê conta com muita influência na área ambiental. Além disso, ela é ex-mulher de Paulo Marinho, empresário próximo ao presidente eleito.  No entanto, para seu ex-marido, que fez parte da campanha do militar, a cogitação da artista para a pasta é uma “loucura”.

De acordo com informações do jornal Extra, a ex-global demitida pela Globo confirmou a sondagem, revelou que um dos critérios para sua nomeação seria seu apartidarismo, além de seu engajamento com o tema. Porém, ela ressalta que nenhum convite oficial foi feito até o momento.

“A ideia é tirar o viés ideológico a que o setor ambiental ficou associado. Trazer um nome que possa abrir as portas que se fecham para os ecologistas. Um nome ligado às causas ambientais, mas que circule nos diversos meios de forma isenta. E que possa colocar a pasta acima de picuinhas políticas. Concordo com tudo. Mas o meu nome é apenas uma ideia”, afirmou a atriz.

Além de Maitê, outros famosos como Stephan Necerssian e Sérgio Mamberti conseguiram um grande cargo na política. Porém, a maioria dos artistas, acabaram se frustando nas eleições, na tentativa de entrar na carreira de deputado. É o caso do ex-BBB Marcos Harter, exs-Fazendas Léo Áquila, Renata Banhara e a campeã da edição 4 do reality rural, Joana Machado.

Leia também: Como Fernanda Montenegro se tornou a dama da dramaturgia no Brasil

Sonia Abrão reprova atitude de Silvio Santos e o coloca na geladeira: “Deve se desculpar com a Claudia Leitte”

Continue Lendo

Enquete

Advertisement

Siga-nos no Twitter

Advertisement

Curta-nos no Facebook!

Advertisement

Copyright © 2018 O Canal - Onde a TV vira notícia!