Connect with us

Noticia

RedeTV! irá colocar youtubers nos fins de noite para substituir Amaury Jr.

Published

on

(reprodução)_

O que antes era incógnita, não é mais. Após 20 anos na RedeTV!, Amaury Jr., pioneiro no colunismo social televisivo, deixará a emissora de Osasco por decisão dos seus dirigentes, Marcelo de Carvalho e Amilcare Dellevo.

Para ocupar a vaga de Amaury, a RedeTV! irá escalar um rodízio de youtubers, isso de acordo com o colunista do UOL, Flávio Ricco. “Queremos uma pegada jovem [na programação], com um show diferente a cada dia. Trabalho que será desenvolvido por vários youtubers”, revela Amilcare ao colunista.

O atual contrato de Amaury se encerra em 08 de dezembro, e o apresentador já fechou o retorno ao Grupo Bandeirantes onde deverá comandar uma atração semanal.

Uma das razões para a não continuidade do colunista social na RedeTV! se deve ao fato da Ultrafarma ter deixado de patrocinar a emissora.

Ciumenta? Em conversa ao O Canal, Giovanna Ewbank revela se sente ciúmes de Bruno Gagliasso em cenas românticas. Assista:

Clique para comentar!

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
Notify of

Canal Nostalgia

Canal Nostalgia: marcos da TV no dia 16 de dezembro

Published

on

Canal Nostalgia: Confira os acontecimentos na TV em 16 de dezembro. Casa dos Artistas, Macho Man e Sexo e as Negas estão na lista; Confira.

Canal Nostalgia: Confira os acontecimentos na TV em 16 de dezembro. Casa dos Artistas, Macho Man e Sexo e as Negas estão na lista; Confira. (Foto: Reprodução)

A TV é historicamente o maior veículo que proporciona informação e entretenimento depois da internet. Por muitos anos, foi a principal fonte de informação do mundo inteiro e, no Brasil, tem uma preferência peculiar pelas novelas e séries. Aqui, no Canal Nostalgia, você pode conferir alguns eventos que marcaram o dia 16 de dezembro como destaque no mundo da televisão brasileira. No Canal Nostalgia de hoje, temos:

1994: Último capítulo de Incidente em Antares (Globo)

Incidente em Antares

Incidente em Antares foi o último romance escrito por Érico Veríssimo, em 1971 e serviu de base para a minissérie exibida pela Globo entre 29 de novembro a 16 de dezembro de 1994. Era exibida às 21h30 e, com um total de 12 capítulos, trazia uma história que se passava na fictícia cidade de Antares, no sul do Brasil, onde é apresentado o progressivo acomodamento das duas facções (os Campolargo e os Vacariano) às oscilações da política nacional e a união de ambas em face da ameaça comunista, como é conhecida pelos senhores da cidade, a classe operária que reivindica seus direitos. Em meio a uma greve geral, sete mortos que falecem no mesmo dia são impedidos de ser enterrados.  Rebelados, os sete defuntos vão para o centro da cidade pedindo o enterro. Enquanto isso não acontece, e passando por cima do pânico causado pelo retorno, começam a contar todos os podres da cidade, desde os políticos, envolvendo as personalidades, até os devaneios sexuais dos moradores.

— Kéfera arma barraco com convidado da plateia e Fátima Bernardes tenta amenizar —

Entre os atores, destacam-se Marília Pera, Fernanda Montenegro, Paulo Betti e Diogo Vilela.

2001: Último episódio de Casa dos Artistas (SBT)

Produzido pelo SBT, Casa dos Artistas foi o reality show de maior popularidade na história da emissora. A primeira temporada estreou em 28 de outubro de 2001 e teve seu final indo ao ar em 16 de dezembro do mesmo ano, alcançando uma média de 47 pontos com pico de 55 — a maior audiência da história do canal de Silvio Santos.

— Valor de indenização que Eduardo Costa terá que pagar a Fernanda Lima choca —

O formato já era conhecido: Silvio Santos confinava famosos como Alexandre Frota, Supla e Bárbara Paz em uma casa vigiada por dezenas de câmeras, o que rendeu ao SBT processos por plágio referentes ao Big Brother Brasil, da Globo, que foi a fonte de inspiração para a atração.

2011: Último capítulo de Macho Man (Globo)

Produzido pela Globo e exibido entre 08 de abril e 16 de dezembro de 2011, Macho Man foi um sucesso. Contava a história de Nelson, um cabeleireiro gay muito bem resolvido e feliz com a sua vida, até que um dia é atingido pelo salto de uma drag queen, em uma boate gay, e perde os sentidos. Ao acordar no hospital diante de uma bela médica, ele descobre que começou a se interessar por mulheres. Sem entender a situação e com medo da sua nova orientação sexual atrapalhar a carreira, Nelson só revela o seu segredo a Valéria, sua melhor amiga e colega de trabalho.

No elenco, grandes nomes como Jorge Fernando, Marisa Orth, Natalia Klein e Roney Facchini.

2012: Final da primeira temporada de The Voice Brasil (Globo)

Canal Nostalgia: Confira os acontecimentos na TV em 15 de dezembro. Cabocla, Viva o Gordo e Luna Caliente estão na lista; Confira.

Exibido desde sua estreia nas tardes de domingo da Globo, o The Voice Brasil é um reality show com formato que faz sucesso em todo o mundo. Diversos cantores profissionais e amadores competiam pelo primeiro lugar do programa, que garantiria um prêmio em dinheiro e a gravação de um CD com uma gravadora profissional. Os jurados eram Carlinhos Brown, Lulu Santos, Daniel e Cláudia Leitte, porém, Daniel e Cláudia foram substituídos por Michel Teló e Ivete Sangalo.

A vencedora da primeira temporada, que teve seu episódio final exibido em 16 de dezembro de 2012, foi Ellen Oléria, com 39% dos votos.

— Sonia Abrão dispara contra Anitta: “Inventa coisas para virar notícia” —

2014: Último capítulo de Sexo e as Negas (Globo)

Um dos diversos projetos “alternativos” de Miguel Falabella, a série contava a rotina de quatro amigas que viviam na periferia do Rio de Janeiro, onde eram sempre amparadas pela líder comunitária e radialista Jesuína. Lia era uma recepcionista de uma churrascaria e Soraia era a cozinheira de um casal do bairro nobre. Já Tilde estava em sua luta para encontrar um emprego. Zulma era uma camareira.

Cada uma das quatro apresentava um problema peculiar que embasava sua história na série, como por exemplo: paixões proibidas por um chefe de tráfico e por um patrão. No elenco, Karin Hils, Corina Sabbas, Lilian Valeska, Maria Bia, Cláudia Jimenez e Alessandra Maestrini, entre outros.

A série foi ao ar entre 16 de setembro e 16 de dezembro de 2014.

Continue Lendo

Noticia

Emmy muda regra importante para 2019. Entenda.

Published

on

Black Mirror: alteração nas regras do Emmy afeta a série. (Foto: Reprodução/Netflix)

A Academia de Televisão, que entrega os prêmios Emmy, confirmou várias mudanças de regras para o 71º Primetime Emmy Awards, a ser realizado no domingo, 22 de setembro de 2019.

Talvez a mais importante – e que pode afetar significativamente os próximos vencedores – diz respeito ao tempo mínimo que um produto deve ter para agora concorrer a categoria de “Filme para TV”, que agora deve ser de 75 minutos. A mudança vem após 3 vitórias consecutivas na categoria de episódios de séries/antologias que foram submetidas como filmes para TV:  Sherlock: The Abominable Bride, “San Junipero” de Black Mirror e, mais recentemente, o “USS Callister” da Black Mirror.

Com 200 capítulos, Malhação: Vidas Brasileiras tem a pior audiência desde 2015; E pode piorar

Sob os novos parâmetros, dos três vencedores mais recentes de “Filme para TV”, “San Junipero” (com 61 minutos de leitura) não teria feito o corte, enquanto “USS Callister” (76 minutos) passaria no limite.

É normal que a Academia faça mudanças quando perceba que sucessivas “fraudes” vem acontecendo. Mais recentemente, quando as atrizes de Orange is the New Black começaram a vencer todo ano na categoria de Atriz Convidada, a Academia estabeleceu uma regra que dizia respeito a quanto tempo de participação o artista deveria ter para concorrer.

A mudança, agora, vem com o claro intuito de frear as séries de TV que começaram a dominar a categoria de Filme de TV de uns anos para cá e é bem vinda.

Globo muda estratégia para futuro de Ilha de Ferro

Além disso, outras mudanças menores também foram estabelecidas:

* Anteriormente, qualquer episódio da temporada que estivesse além da janela de elegibilidade (que termina em 31 de maio) não poderia ser considerado para nenhuma indicação. Agora, os episódios podem ser elegíveis se forem 1) postados em uma plataforma de distribuição pública ou privada, para análise da associação da Academia de Televisão, até 31 de maio e 2) forem exibidos durante o mês de junho.

* Haverá dois prêmios distintos de coreografia – um para reality show e programa de variedades e outro para programa com script.

* Composição de música para uma série documentários ou especial foi adicionado como uma categoria.

Relembre famosos que passaram pelo Copacabana Palace, vendido neste sábado

Continue Lendo

Noticia

Nelson Rubens cai em fake news e não tira o chapéu para Pabllo Vittar no Raul Gil

Published

on

Nelson Rubens não tirou o chapéu para Pabllo Vittar no Programa Raul Gil, no SBT. O apresentador caiu numa fake news. (Foto: Reprodução)

Nelson Rubens não tirou o chapéu para Pabllo Vittar no Programa Raul Gil, no SBT. O apresentador caiu numa fake news. (Foto: Reprodução)

O apresentador do TV Fama da Rede TV! Nelson Rubens esteve presente neste sábado, 15, no Programa Raul Gil e participou do quadro Pra quem você tira o chapéu. Entre outros, o fofoqueiro de plantão não tirou o chapéu para a cantora Pabllo Vittar. O que chamou a atenção foi a justificativa dada que, na verdade, é uma das fake news mais conhecidas do Brasil no ano de 2018.

Segundo Nelson Rubens, que entre outras coisas fez piadas machistas contra a cantora, ele não tiraria o chapéu para Pabllo Vittar porque a cantora teria feito declarações contra o presidente eleito Jair Bolsonaro. “É ele, ne? Mas agora tem que falar que é ela”, teria dito o apresentador durante o quadro, em tom de brincadeira.

Garota do Tempo do Jornal Nacional, Maju Coutinho faz revelação bombástica sobre maternidade

Ainda no quadro, em tom crítico, Nelson Rubens lembrou que Pabllo Vittar iniciou a carreira imitando o falecido Rei do Pop Michael Jackson e que, depois da fama, deu uma declaração infeliz sobre Jair Bolsonaro afirmando que deixaria o Brasil, caso ele fosse eleito Presidente. “Que bom que ele voltou atrás porque é um brasileiro que está começando a carreira internacional”, completou o fofoqueiro, chamando novamente a cantora pelo pronome masculino.

A opinião de Nelson já seria controversa por si só não fosse um adendo. É fake news. A cantora Pabllo Vittar jamais afirmou que deixaria o Brasil se Jair Bolsonaro fosse eleito presidente. O que circulou na internet desde 2017 é uma postagem no twitter da cantora e que foi atribuída a ela, mas não passava de uma montagem feita por outras pessoas.

Com 200 capítulos, Malhação: Vidas Brasileiras tem a pior audiência desde 2015; E pode piorar

A Fake News foi diversas vezes esclarecida pela própria cantora que, de fato, fez campanha contra o então candidato do PSL e também por sites especializados em combater as Fake News, como e-farsas que fez uma publicação sobre o tema.

Nas eleições 2018, grandes portais criaram um espaço específico para combater as Fake News e chamou a atenção que um jornalista experiente como Nelson Rubens tenha caído numa história já desmentida tantas vezes. Até a publicação.

Direção tenta transformar Prêmio Estúdios Globo em seu Emmy interno

Em seu perfil no Twitter, Nelson Rubens voltou atrás ao ser avisado que se tratava de uma fake news, mas manteve sua crítica dizendo que Pabllo deveria ter desmentido a informação à época. Por fim, Nelson deu o assunto por encerrado ao dizer que tiraria o chapéu para a cantora e relembrando que ela começou a carreira na Rede TV!

Continue Lendo