Connect with us

Novelas

Público se revolta com beijo entre Maura e Ionan em Segundo Sol: “desserviço”

Published

on

Maura (Nanda Costa) e Ionan (Armando Babaioff) se beijaram pela primeira vez na novela Segundo Sol. (Foto: Reprodução)

Maura (Nanda Costa) e Ionan (Armando Babaioff) se beijaram pela primeira vez na novela Segundo Sol. (Foto: Reprodução)

Na noite deste sábado, 25, a novela Segundo Sol, assinada por João Emanuel Carneiro, exibiu um capítulo marcante e cheio de reviravoltas. Após 18 anos fugindo da polícia e vivendo com uma identidade falsa, Luzia (Giovanna Antonelli) finalmente se entregou na delegacia acompanhada de seus filhos Icaro (Chay Suede) e Manuela (Luisa Arraes). A atitude da mocinha estragou os planos das vilãs Laureta (Adriana Esteves) e Karola (Deborah Secco).

Leia também: Participante do BBB 18 entra para a política e disputará as eleições em Minas Gerais

No entanto, o ato da protagonista nem de longe foi o ponto central da noite. Durante o decorrer do capítulo, a trama paralela envolvendo Doralice (Roberta Rodrigues), Selma (Carol Fazu), Ionan (Armando Babaioff) e Maura (Nanda Costa) ganhou destaque, com o ciume das duas primeiras, envolvendo seus parceiros que trabalham junto e sempre demonstraram carinho um com o outro.

O ciume de Selma com Maura e Doralice com Ionan, entretanto, ganharam um motivo especial. Antes o que eram só suposições, no final do capítulo, os dois acabaram se redendo e terminaram a novela beijando um ao outro. O público, por sua vez, não gostou do ocorrido e detonou a novela nas redes sociais, alegando que o autor estaria reforçando a ideia de que existe “cura gay” quando a personagem de Nanda Costa, homossexual, beija o seu colega de trabalho hetero.

“Maura é sonsa demais. Ela e Ionan se merecem mesmo. Selma e Doralice, vocês merecem coisa melhor”, comentou um internauta. “Parabéns Globo por estimular o preconceito contra lésbicas com essa cena ridícula da Maura beijando ele”, criticou outro. “Essa história da Maura ser lésbica e virar hétero/bisexual é um desserviço pra sociedade”, opinou o terceiro novelista do Twitter, que desaprovou a cena.

 

 

1 Comment

1
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
MARIA BUENO GOMES
Visitante
MARIA BUENO GOMES

pensei a mesma coisa, um desserviço, para que isso?!?!!? A novela tava indo tão bem !!!

Coluna

Como o limite entre a arte e o papel social das novelas virou tema no Brasil

Published

on

Ionan (Armando Babaioff) e Maura (Nanda Costa) em cena; casal da ficção foi vítima de comentários de alguns internautas. (Foto: Reprodução)

Ionan (Armando Babaioff) e Maura (Nanda Costa) em cena; casal da ficção foi vítima de comentários de alguns internautas. Como o limite entre a arte e o papel social da novela virou tema no Brasil? (Foto: Reprodução)

Nos últimos anos, é notório que as classes sociais desfavorecidas e todos os tipos de minorias políticas vem fazendo um grande trabalho em apontar algumas injustiças que, antes passada despercebidas, hoje não tem mais espaço para serem reproduzidas na TV e internet. Ou, ao menos, não deveria ter.

Caso recente é a manifestação entre artista e a população em favor à cantora Claudia Leitte durante um episódio de constrangimento no Teleton. Entretanto, quando se cobrado um outro posicionamento de personalidades na vida real, essa exigência de adequadação para uma nova sociedade não deveria impedir de que algumas histórias nas dramaturgias possam continuar sendo contadas.

A novela Segundo Sol, encerrada na última sexta-feira, 09, foi alvo de diversos comentários negativos por conta do enredo de alguns dos seus personagens. O caso de Maura (Armando Babaioff) e Ionan (Nanda Costa), é um dos exemplos em que os telespectadores não aceitaram o fato da personagem, bissexual, pudesse transitar entre os dois gêneros durante a sua história. E, quando exibido um relacionamento a três entre eles e Selma (Carol Fazu), a polêmica ficou ainda maior.

Na mesma novela, a personagem Rochelle (Giovanna Lancelotti) acusou Roberval (Fabricio Boliveira) de abuso sexual, como vingança após ser humilhada pelo mesmo. No Twitter, o público que comentava o folhetim on-line questionou a cena, sobretudo, porque contribuiria para pensamentos machistas que desconfiam das mulheres quando elas denunciam casos de assédio, abuso e estupro.

Os autores, que cada vez mais vem sofrendo grande pressão e sofrendo interferências de superiores por conta do público, discordam de tamanho repúdio e lembram que o papel artístico da dramaturgia é discutir um assunto sob várias óticas e propor um diálogo saudável sobre todos os temas, por mais espinhosos que sejam.

João Emanuel Carneiro, autor de Segundo Sol e Avenida Brasil na Globo, já declarou que considera que a novela tem papel importante de levantar discussões e a sociedade deve manter o debate. Aguinaldo Silva, de O Sétimo Guardião, pensa que dramaturgia é ficção e não tem por obrigação fazer o chamado merchan social (a inserção – intencional, sistemática e com propósitos educativos bem definidos – de questões sociais e mensagens educativas nas tramas e enredos das telenovelas, minisséries e outros programas de TV).

Diante de toda a vigilância, os autores de telenovelas estão cada vez mais sob o risco de serem acusados de algo que não são apenas por conta de suas obras. O rumo que as coisas podem tomar é perigoso e faz com que cada vez mais as histórias fiquem parecidas e sem causar grande impacto e/ou debate para quem está do outro lado da tela.

Leia também: Como Cláudia Leitte retomou a discussão sobre Silvio Santos assediar convidados

 

Continue Lendo

Novelas

Vaza suposta sinopse de Dias Felizes, próxima novela de Walcyr Carrasco

Published

on

Bianca Bin será filha de Juliana Paes em Dias Felizes. (Foto: Reprodução)

Bianca Bin será filha de Juliana Paes em Dias Felizes. (Foto: Reprodução)

Prevista para estrear em maio de 2019, a novela Dias Felizes, assinada por Walcyr Carrasco que sucederá O Sétimo Guardião de Aguinaldo Silva, nem começou a ser gravada, mas está deixando muitos telespectadores ansiosos. Nesta semana, vazou na internet uma suposta sinopse da trama que promete arrepiar.

Em seu elenco, estará a atriz Bianca Bin como uma das protagonistas. Ela parece ter virado uma das queridinhas de Walcyr Carrasco e emenda em Dias Felizes, a terceira novela consecutiva com o autor. Juntos, eles já haviam trabalhados juntos em Eta Mundo Bom, no horário das seis, e a penúltima das nove, O Outro Lado do Paraíso.

Desta vez, porém, sua escalação está causando uma certa estranheza. A atriz de 29 anos interpretará a filha de Juliana Paes, protagonista do folhetim, que possui 39 anos de idade. Ou seja, a diferença de idade entre as duas é de apenas 10 anos, número parecido com o que tinham de distância na idade as atrizes Deborah Secco e Adriana Esteves em Segundo Sol.

Além disso, ela contracenerá pela terceira vez seguida também com o seu atual namorado Sérgio Guizé, com quem começou a se relacionar nos bastidores de O Outro Lado do Paraíso. O autor também trabalhará junto com a sua ex, Nathália Dill, recém saída de Orgulho e Paixão, última novela das seis.

Confira a suposta sinopse que está rondando na internet:

A trama gira em torno de Juliana Paes e Bianca Bin. As duas são mãe e filha que moram no Espírito Santo e a personagem de Bin tem uma filha de três anos. As duas trabalham em um buffet da capital e a personagem de Bianca acaba cometendo um crime e pede para a mãe ir para a cadeia em seu lugar. Ela, em um ato de amor por sua filha, assume a culpa. A menina vende a casa da mãe, abandona a criança e um orfanato e, acreditando na vilã interpretada por Paolla Oliveira, se muda para o Rio de Janeiro. Anos depois, Paes descobre do que a sua filha foi capaz, luta para encontrar a neta e destruir a filha que casou com um jogador de futebol. A fugida, no entanto, vai encontrar ajuda em Reinaldo Gianecchini, seu advogado e antigo amor da malvada, que se tornará sua principal inimiga na trama.

Leia também: Por que Marina Ruy Barbosa tem mais espaço na Globo que Bruna Marquezine

Continue Lendo

Novelas

O Tempo Não Para: Marocas se declara para Samuca após passarem noite juntos

Published

on

Samuca e Marocas em O Tempo Não Para. (Foto: Fabiano Battaglin/Gshow)

Samuca e Marocas em O Tempo Não Para. (Foto: Fabiano Battaglin/Gshow)

Fortemente abalada com as mentiras de Emílio (João Baldasserini) sobre Dom Sabino (Edson Celulari), Marocas (Juliana Paiva) encontra-se com Samuca (Nicolas Prattes). Eles passam a noite juntos e Samuca é surpreendido com café preparado pela sua amada.

“Eu me apaixonei pelo seu jeitinho lindo descobrindo o mundo como se fosse a primeira vez”, disse Samuca, relembrando quando ela aprendeu a usar a máquina de café.

Ao trocarem juras de amor, Marocas faz uma confissão. “Eu descobri o amor com você, Samuca”. “Eu nunca deixei de amá-lo nem por um minuto… Não sei como ficamos separados tanto tempo!”, continuou.

Ele garante que isso nunca mais irá acontecer, e que o amor deles irá superar qualquer tipo de obstáculo.

“Sim… Muito mais valioso do que qualquer papel assinado, nossas almas se reconhecem. Nossos corações são um só para sempre”, diz Marocas, emocionada.

O Tempo Não Para vai ao ar pela Rede Globo às 19h35.

Leia também:

— Os acontecimentos mais marcantes da TV no dia 13 de novembro
— Anitta comenta sobre sua carreira: “Estou vivendo o meu sonho”
— Sonia Abrão reprova atitude de Silvio Santos e o coloca na geladeira: “Deve se desculpar com a Claudia Leitte”

Continue Lendo

Enquete

Advertisement

Siga-nos no Twitter

Advertisement

Curta-nos no Facebook!

Advertisement

Copyright © 2018 O Canal - Onde a TV vira notícia!