Connect with us

Programas

Chris Flores se veste de Frida Kahlo e realiza casamento mexicano no Fábrica De Casamentos (30)

Published

on

Chris Flores no Fábrica de Casamentos. (Foto: Divulgação/SBT)

​Na Copa do Mundo o Brasil enfrenta o México na próxima segunda-feira, 02, mas se no futebol há rivalidade pela vaga nas quartas de final, no coração dos brasileiros a cultura do México inspira até casamentos do último episódio (15º) inédito da segunda temporada do reality show Fábrica de Casamentos.

No programa que o SBT exibe na noite deste sábado, 30 de junho, a partir das 22h15, os apresentadores Chris Flores e Carlos Bertolazzi farão um mergulho no universo mexicano para contar a história de amor entre Juliana e Eduardo.

A nutricionista e o produtor de vídeos se conheceram há seis anos em uma festa à fantasia com temática do país. Eduardo usava trajes mexicanos e, desde o primeiro beijo, todos os acontecimentos da vida do casal foram sob atmosfera do país da américa do norte.

“Queremos um casamento temático mexicano. Cores, flores, cactos precisam fazer parte da festa”, pedirá a noiva Juliana ao time de especialistas.Empolgada com a temática da festa, Chris Flores revela que adora a cultura do México e faz até um pedido inusitado para a noiva: “Eu posso ir de Frida Kahlo? Seria demais!”, diz.

Ainda na conversa entre as duas Juliana conta que quer caveiras mexicanas na festa e diz que sonha com um vestido branco durante a cerimônia, mas que quer ele fique colorido para a festa: “Eu gostaria que durante a festa ele se ficasse mais alegre. Queria muito que ele entrasse no clima mexicano”, pede.

ENQUANTO ISSO NO SBT, SILVIO SANTOS DEFENDE MARA MARAVILHA

O apresentador Silvio Santos, como adiantamos no dia 06 de junho, encheu a apresentadora Mara Maravilha de elogios no “Jogo Dos Pontinhos” deste domingo, 01 e defendeu a mesma de todas as críticas de seus colegas.

Durante uma conversa com Lívia Andrade, onde o dono SBT disse que o público queria vê-la fora do programa, a loira desmentiu a informação e insinuou que outro nome estavam na boca do povo para sair – no caso, o de Mara Maravilha.

No mesmo momento, Carlinhos Aguiar saiu em defesa de Lívia, criticando também a postura de sua colega de emissora, até ser revelado, por Liminha, uma briga entre eles ocorrida na praça de alimentação do SBT.

Após os comentários dos colegas e auditório, Silvio Santos resolveu tomar para si a decisão de defender Mara Maravilha, a qual ele conhece há mais de 30 anos, quando ela chegou no SBT na década de 80 para apresentar programas infantis.

“Ela é a única do SBT que ganha um pouco mais do que a Patrícia. Ela é boa! O nome dela já fala tudo: Mara Maravilha”, disse Silvio, justificando logo depois, os motivos pelo qual alguns integrantes do “Pontinhos” não gostam dela.

“Vocês não gostam dela porque tem inveja dela. Porquê vocês sabem que ela é uma menina porreta”, comentou Silvio Santos, levando a plateia a ter as mais diversas reações.

No final, o Senor Abravanel fez questão de mandar uma mensagem direta para Mara Maravilha e ameaçar, em tom de brincadeira, os contratados do canal que ousassem falar mal da apresentadora.

“Mara Maravilha… você é a minha afilhada! Ninguém mexe com você aqui no SBT. Se alguém mexer com você e disser para você alguma coisa, que por pequena que seja, machuque você no seu íntimo, fale comigo. Porquê essa pessoa que fizer essa maldade com você, estará no olho da rua!”, disse ele, recebendo palmas da plateia.

Ciumenta? Em conversa ao O Canal, Giovanna Ewbank revela se sente ciúmes de Bruno Gagliasso em cenas românticas. Assista:

Clique para comentar!

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
Notify of

Programas

Greg News ganha sinal verde para 3ª temporada

Published

on

Greg News: Programa da HBO terá 3ª temporada e especial de fim de ano

Os fãs de Gregorio Duvivier -e mais especificamente de seu ácido programa de “notícias”, Greg News – podem comemorar. A HBO Brasil, produtora do show, renovou a sátira para uma 3ª temporada a ser exibida no ano que vem e ainda garantiu um especial de fim de ano, para o mês que vem, no dia 14 de dezembro, às 22h.

—Autora de Assédio tenta engatilhar história de época na Globo — 

Livremente inspirado no programa de sátira americano Last Week Tonight With John Oliver, e produzido pelo Coletivo Porta dos Fundos, do qual Duvivier faz parte, o show é feito no formato de um late-night talk show, onde o apresentador (Gregório) comenta de forma ácida e humorística os principais acontecimentos do país. Greg News é conhecido por ter um tom ácido e crítico especialmente ao governo e já conta com 2 temporadas completas (a primeira com 21 episódios, a segunda com 20) e já abordou diversos temas, como Operação Lava Jato, Odebrechet, Regime Militar e Copa do Mundo.

O especial de fim de ano deve focar no presidente eleito e nas mudanças que o país enfrentará em 2019, com o início do governo Bolsonaro. Sempre direto e com humor, Gregória comentará o que muda a partir de primeiro de janeiro na política do país, como isso afeta a população em geral e quem estará diretamente envolvido nesse processo.

— Com Marcelo Adnet e Dani Calabresa, Globo tem seu próprio Saturday Night Live — 

Para a nova temporada, Gregório deve seguir o mesmo esquema já conhecido de crítico ao eventual governo, sempre supervisionado pelo setor jurídico da emissora, a fim de evitar possíveis processos judiciais pelo tom ácido e combativo pelo qual o apresentador é conhecido.

O serviço da HBO está disponível nas principais TV por assinaturas do país, mas também possui seu serviço de streaming próprio, o HBO GO.

— Se você gosta de Grey’s Anatomy, vai gostar de: New Amsterdam —

Continue Lendo

Online

Play Plus investe mais em programação que Globoplay

Published

on

Play Plus: Streaming da Record se mostra cada vez mais como opção com programas diferentes do Globoplay

Play Plus: Streaming da Record se mostra cada vez mais como opção com programas diferentes do Globoplay

A guerra das emissoras brasileiras para se consolidar enquanto opção de serviço de streaming continua a todo vapor. E nesta batalha, o Play Plus, serviço da Rede Record, tem saído em leve vantagem em comparação com seu principal concorrente, a GloboPlay, em um dos quesitos: Diversidade de conteúdo.

A Globoplay tem marcado um gol no que diz respeito a produções de séries, como Ilha de Ferro e Assédio, além de estar lançando algumas primeiro no serviço do que na TV e trazendo produções americanas, como The Good Doctor e A Million Little Things. Contudo, seus esforços se residem – até então – neste segmento: a produção de narrativas seriadas. O que, nem de longe, é algo ruim, visto que é o gênero mais em alta atualmente.

Já o Play Plus, tem investido em uma produção mais diversificada. Além de contar com as novelas e séries da emissora (como o Globoplay), o serviço de streaming tem apostado em outros formatos. Produzirá, por exemplo, um talk show apresentado por Xuxa e confirmou mais recentemente um reality show sobre a vida de famosa de Nadja Pessoa, após o fenômeno que a celebridade foi na edição mais recente de A Fazenda.

Além disso, o Play Plus oferece a vantagem de, por um serviço um pouco mais caro, o consumidor ter acesso a programação dos canais EPSN e mesmo alguns da Disney.

No fim das contas, quem sai ganhando com tudo isso é o consumidor, que passa a ter cada vez mais opções de entretenimento, além do básico exibido na TV diariamente.

Leia Mais

Netflix prepara nova versão de animes famosos nos anos 90. Confira

Continue Lendo

Globo

Com Marcelo Adnet e Dani Calabresa, especial da Globo imita Saturday Night Live

Published

on

Adnet e Calabresa apresentarão A Gente Riu Assim espécie de genérico do Saturday Night Live (Reprodução: Pinterest)

Adnet e Calabresa apresentarão A Gente Riu Assim espécie de genérico do Saturday Night Live (Reprodução: Pinterest)

Um dos especiais de fim de ano da Globo seguirá os moldes do clássico programa americano Saturday Night Live, programa que existe desde 1975 e que satiriza diversas situações e notícias, sempre apresentado por um famoso diferente a cada semana. O especial da Globo recebeu o título de A Gente Riu Assim e terá a apresentação do ex-casal de humoristas Marcelo Adnet e Dani Calabresa, ambos atualmente contratados da emissora.

Programado para ir ao dia 26, após O Sétimo Guardião, A Gente Riu Assim será uma espécie de retrospectiva do ano, comentando os principais acontecimentos sob a ótica de uma linguagem jovem, com esquetes parodiando esses momentos, usando-se de edições parecidas com o Youtube, memes da internet e diversos outros recursos que o Saturday Night Live também usa, de forma a tornar a notícia algo mais atrativo de se consumir e trazendo o público jovem, que consome seu conteúdo pela internet, para o sofá e com o charme da apresentação de Marcelo Adnet e Dani Calabresa.

Com direção de Felipe Jofilly (E Aí, Comeu?, Tá no Ar, a Tv na TV) e roteiros de Martha Mendonça e Nelito Fernandes (que escrevem para o núcleo de humor da emissora há algum tempo), A Gente Riu Assim bebe não só da fonte do Saturday Night Live, como também lembra outros programas de retrospectivas já exibidos pela emissora, como o “Ri-Retrospectiva”, apresentando por João Kléber, em 1992, quando ainda fazia parte do casting da emissora.

Vencedor de diversos prêmios Emmy (21) e reconhecido mundialmente como um dos maiores programas de TV de todos os tempos, o Saturday Night Live resiste em meio a crise da TV por ter sabido se modernizar quando do advento da internet e mudar sua linguagem para atrair esse público, exatamente o processo pelo qual a Rede Globo começa a passar em suas obras.

A Gente Riu Assim é o primeiro passo e, a depender da qualidade da ideia e dos apresentadores, pode funcionar muito bem.

Leia Mais

5 filmes que devem ganhar continuação

Continue Lendo