Connect with us

Séries

Breaking Bad pode estar próxima de voltar; Entenda como

Published

on

Breaking Bad

Breaking Bad: Cultuada série pode ganhar um filme (Foto: Divulgação/AMC)

Cinco anos após a série ter chegado ao fim em 2013, um filme de Breaking Bad parece estar finalmente em desenvolvimento.  O criador da cultuada série de drama, Vince Gilligan, está desenvolvendo um projeto que consiste em um filme de duas horas que “será ambientado na atual franquia Breaking Bad”, de acordo com a Hollywood Repórter.

O Albuquerque Journal, no Novo México, informou que as filmagens começarão em Albuquerque – onde a série original foi montada e filmada – este mês. Ele também afirma ter obtido uma sinopse e o  título de trabalho do projeto que, atualmente, parece ser chamado de Greenbrier e vai “seguir a fuga de um homem sequestrado e sua busca pela liberdade”.

Outros detalhes são escassos, inclusive se Bryan Cranston, Aaron Paul ou outros atores do programa participarão ou não. O projeto é o primeiro fruto do contrato recentemente assinado por Gilligan com a divisão da Sony. Ainda não se sabe se o filme vai estrear nos cinemas ou na televisão.

Considerada por muitos como uma das melhores séries de todos os tempos, Breaking Bad foi vencedora de diversos prêmios Emmy (inclusive de Melhor Série) e conquistou seu lugar no hall das grandes e cultuadas séries de TV. Seu spinoff, Better Call Saul, também é sucesso de público e crítica.

Resta saber se a nova empreitada de Vince Gilligan fará juz ao que a série apresentou durante 5 temporadas. A torcida, claro, é para que sim.

Leia Também:

A Guerra Fria das emissoras pela atenção de Jair Bolsonaro

Série baseada em “Uma Noite de Crime” é renovada

– Bohemian Rhapsody estreia no topo das bilheterias

Clique para comentar!

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
Notify of

Globo

Por que Sob Pressão faz tanto sucesso

Published

on

(Divulhação/Globo)

Que “Sob Pressão” é a série de maior sucesso da Rede Globo dos últimos anos, é um fato incontestável. Com bons números de audiência, uma ótima repercussão nas redes sociais e, em sua maior parte, elogiada pelo público, o drama médico protagonizado por Marjorie Estiano e Júlio Andrade está atualmente em sua segunda temporada, mas com uma 3ª (de 14 episódios) já garantida.

Desde que a produção de seriados da emissora aumentou, a Globo ainda não tinha conseguido alcançar isso. O que difere, então, a história de Evandro (Andrade) e Carolina (Estiano) das outras?

Um motivo que pode ser levado em conta é a semelhança (ao menos na base da história) de “Sob Pressão”com famosas séries médicas, como “Grey’s Anatomy,” House”, e “E.R- Plantão Médico”. Assim como esses programas de sucesso, o seriado da Globo mescla o dia-a-dia de um hospital, seus funcionários e os casos que precisam ser resolvidos por eles, enquanto lidam com diversos problemas em sua vida pessoal. É a clássica e batida fórmula de seriados médicos, que deu vida a inúmeros programas de sucesso nos Estados Unidos e que parece funcionar até hoje.

Outro motivo é a clara estrutura folhetinesca na qual as situações são sustentadas. Sempre existe uma virada próxima de acontecer (e ela quase sempre pode ser prevista antes de acontecer), construída geralmente com base em situações vivenciadas com pacientes. Em um país onde a telenovela ainda é a maior fonte de entretenimento, é compreensível que esse tipo de estrutura funcione, mesmo que em produções seriadas.

“Sob Pressão” ainda usa outro elemento do folhetim clássico: A dualidade entre dois protagonistas que se apaixonam. Evandro é o doutor cético, Caroline é aquela que se baseia na fé e usa isso para tudo no seu dia-a-dia. É a clássica história dos “opostos que se atraem”, que dá liga a história de amor dos dois e, mais uma vez, funciona para o público.

Existem vários defeitos na série – inclusive ligados à forma como todos esses pontos são apresentados -, mas há que se dar o braço a torcer: “Sob Pressão” soube entender seu público e o que ele quer consumir e, por isso, é um sucesso.

Leia Também:

– A aposta da Globo para temas atuais em suas séries

– O caminho da Rede Globo até o Emmy

– Lista: 5 séries de época para viajar no tempo

Continue Lendo

Séries

Lista: 5 séries de época para viajar no tempo

Published

on

 

Foto: Divulgação

Às vezes, é preciso muito menos do que o esperado para se fazer uma viagem. Esqueça as passagens cara, as dores de cabeça com hotel reservado, o clima a se adaptar… É possível viajar sem sair do sofá, e não apenas fisicamente, mas temporalmente também. Gênero famoso e que ganha cada vez mais exemplares, as séries de época existem para nos mostrar um pouco dos costumes e tradições de um tempo que não vivemos – e, talvez por isso mesmo, façam tanto sucesso.

Na lista de hoje, selecionamos 5 produções que vão te fazer viajar sem precisar sair do seu sofá.

1 – Downton Abbey

Foto: Divulgação

Downton Abbey é o que eu costumava chamar de “novela das 6 britânica”. Com personagens carismáticos, tramas e reviravoltas dignas de um folhetim e um ritmo ágil, mesmo com episódios longos, a série da BBC é fácil de agradar a qualquer e, durante 6 temporadas, narra a história dos Crawley, uma família rica e bem sucedida da Inglaterra dos anos 1910.

2 – Outlander

Foto: Divulgação

Uma das melhores séries em exibição no ar, Outlander usa a história de Claire Randall, uma enfermeira que viaja no tempo após tocar em um círculo de pedras, para nos levar até a Escócia do século XVIII. Entre paisagens deslumbrantes, guerras civis e misticismo, a série constrói uma bela história de amor, aproveitando-se de sua ambientação para também recontar fatos históricos conhecidos.

3 – Vikings

Foto: Divulgação

Como o próprio nome diz, Vikings narra a história dos bravos guerreiros nórdicos, batalhando por terras e domínios na região que no futuro seria conhecida como Reino Unido. A produção tem personagens sensacionais, não tem medo de pesar a mão quando necessário nas batalhas e é uma aula não apenas da história viking, mas também da mitologia e da religião nórdica.

4 – The Crown

Foto: Divulgação

Os apaixonados pela realeza britânica tem em The Crown uma parada obrigatória. Os apaixonados por séries de qualidade também. A mais cara produção da Netflix dá um show em todos os sentidos ao retratar com humanidade e cuidado o reinado da monarca Elizabeth, desde o momento em que assumiu o trono, passando por diversos momentos importantes de sua história.

5 – Game of Thrones

Foto: Divulgação

É impossível fazer uma lista de séries épocas e deixar de fora o maior fenômeno da atualidade. A série da HBO conseguiu quebrar a barreira que muitos tinham ao gênero e construiu uma trama medieval que explodiu ao redor do mundo, envolvendo diversas famílias, reis, rainhas, batalhas, dragões e até mesmo criaturas mágicas. Um espetáculo, em todos os sentidos.

Leia Também:

– Como o streaming mudou o jeito de assistir TV no Brasil

– Séries dramáticas para se ver com uma caixa de lenço do lado

– Personagens que marcaram pela comédia

Continue Lendo

Séries

Saiba quando Game of Thrones deve voltar

Published

on

Foto de Game of Thrones

Jon Snow e Daenerys, os protagonista de GOT (Foto: Divulgação/HBO)

O inverno está chegando. Depois de meses de silêncio e expectativa, a HBO anunciou que a temporada final de Game of Thrones será lançada em abril de 2019.

A notícia foi revelada em um vídeo promocional divulgado pela HBO na terça-feira, que mostrou em retrospecto tudo que os fãs da série assistiram pelos últimos 7 anos, até a batalha final contra os Caminhantes Brancos que está chegando.

Confira:

Apesar de nenhuma data específica em abril ter sido oferecida no vídeo, ela dá aos fãs de Game of Thrones sua primeira indicação de quando eles podem esperar a oitava e última temporada do show que se tornou um fenômeno global. É uma surpresa bem-vinda, visto que a 7ª temporada da produção estreou em junho, diferente das 6 primeiras, que também começaram entre os meses de abril e março.

A 7ª temporada do programa se encerrou em agosto de 2017 e, desde então, os fãs esperam pelos 6 episódios finais da série. Em janeiro, Bloys – diretor da HBO – afirmou que os showrunners D.B. Weiss e David Benioff – e não a rede – foram responsáveis pelo início tardio da 8ª temporada.

“Foi baseado em quando eles sentiram que poderiam fazer uma temporada final da qual se orgulham mais… Acho que poderíamos ter dito a eles ‘Você deve entregar até esta data … Mas nós trabalhamos com eles há muito tempo e confio neles para nos dizer:’ Este é o tempo que precisamos para que seja bom ‘. Então, eu não sei se é um atraso, acho que é mais o tempo que eles precisavam para entregar algo que os fãs mereciam.”

Os 6 episódios finais de Game of Thrones deverão ter mais de 60 minutos de duração cada e finalizarão um dos maiores fenômenos do gênero dos últimos anos.

Leia Também:

– Lista: Os maiores casos de assédio envolvendo famosos no Brasil e no mundo

– Vaza suposta sinopse de Dias Felizes, próxima novela de Walcyr Carrasco

– Danilo Gentili se posiciona a favor de Silvio Santos, após polêmica sobre assédio

Continue Lendo

Enquete

Advertisement

Siga-nos no Twitter

Advertisement

Curta-nos no Facebook!

Advertisement

Copyright © 2018 O Canal - Onde a TV vira notícia!