Connect with us

Record TV

Record proíbe decote, bermuda e roupas extravagantes após confusão com Faro

Published

on

De acordo com o Guia do Figurino da Record, Rodrigo Faro não poderá mais usar camisas como na foto. Foto: Reprodução

De acordo com o Guia do Figurino da Record, Rodrigo Faro não poderá mais usar camisas como na foto. Foto: Reprodução

Após uma confusão provocada por Rodrigo Faro por conta de uma camisa com a gola mais aberta levou a Record a obrigar seus funcionários a seguirem um manual com normas e padrões para os figurinos. A emissora passou a proibir, sem exceções, que apresentadores e repórteres usem roupas que contenham logotipo de quaisquer grife. Também estão vetados decotes, bermudas e itens extravagantes.

Leia também: Gracyanne Barbosa sensualiza posando de lingerie

Na tarde de terça-feira (10), os funcionários receberam por e-mail o Guia de Figurino, feito pelo departamento que cuida das roupas dos apresentadores e assinado por Mafran Dutra, diretor-geral de programação e produção da emissora. O arquivo conta com 27 páginas e foi criado em junho, poucos dias depois de Rodrigo Faro ser advertido por uma camareira sobre uma camisa que ele mesmo providenciou e se recusou a trocar, que infringia as normas internas por conter o logotipo de uma grife.

O manual de estilo, que antes servia apenas como um guia de orientação, agora virou regra que deve ser seguido por todos. Em letras garrafais, maiúsculas e destacadas em vermelho, o texto frisa que não há espaço para exceções e que todos deverão obedecê-lo.

Para os apresentadores do Entretenimento, as normas são mais brandas. Permite-se usar roupas “da moda” e com estampas, desde que estejam alinhadas com a proposta do programa e horário de exibição. “Lembrando que é PROIBIDO o uso de qualquer logotipo nos figurinos e acessórios de todos os apresentadores, repórteres e participantes que apareçam na RecordTV, SEM EXCEÇÕES”, reforça o comunicado.

A cartilha é mais severa com os profissionais do Jornalismo, com subdivisões de estilos para repórteres, âncoras de jornais e apresentadores de revistas eletrônicas.

Para as repórteres, é proibido o uso de decotes, regatas ou blusas tomara-que-caia. Recomendam-se peças discretas e minimalistas. Bermudas, somente para matérias gravadas na praia, e ainda assim precisam ser submetidas anteriormente para aprovação.

As âncoras dos telejornais podem usar blazers com camisa ou regata por baixo, ou até mesmo sem nada, mas devem prestar atenção no decote para não ficarem vulgares. Bijuterias estão liberadas, mas devem ser discretas. Um anel é mais do que suficiente para o look, segundo o manual. Mais liberdade ainda têm as apresentadoras das revistas eletrônicas, que podem usar peças sofisticadas, com elementos “da moda” e acessórios.

Nos programas esportivos, os looks das mulheres precisam ser despojados e casuais, porém sempre combinados a sapatos de salto alto quadrado. Os acessórios, sempre muito discretos.

Para os homens que fazem reportagens na rua, é obrigatório o uso de ternos alinhados ao corpo somente nas cores cinza (em todas as suas variações), preto ou azul-marinho. As camisas devem ter tons neutros, e as gravatas, discretas. “Quando utilizar terno, deixe apenas o ultimo botão sem abotoar. Ao sentar-se, desabotoe o terno, se levantar abotoe novamente, pois isso evitará amassá-lo”, diz a cartilha.

Alguns jornalistas, dependendo do tipo de programa que apresentam, podem ser autorizados pela direção artística a usar looks menos formais, como blazers e calças jeans de lavagens escuras.

Para os profissionais da área de esportes, há uma maior maleabilidade. São autorizados sapatênis, camisas com bolsos, mangas dobradas e tecidos informais. Camiseta modelo “polo” somente para reportagens em praias e estádios de futebol. Calças coloridas, em tons de vinho ou verde, estão liberadas.

Já as regras para óculos e relógios valem para ambos os sexos. Os óculos não podem ter formatos chamativos e precisam ser de tamanho adequado ao rosto. Já os relógios devem ser discretos e pequenos.

“O figurino de jornalismo sempre deve ser discreto, lembrando que o protagonista é a notícia, logo, o figurino não pode chamar mais atenção do que a informação”, sentencia o texto do manual.

Procurada, a Record disse que o manual já existia, mas foi atualizado e redistribuído.

Clique para comentar!

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
Notify of

Audiência da TV

Record TV Itapoan derrota a Globo e lidera durante todo o dia em Salvador

Published

on

José Eduardo e Jéssica Smetak são dois dos responsáveis pela liderança da Record TV em Salvador. (Foto: Reprodução)

José Eduardo e Jéssica Smetak são dois dos responsáveis pela liderança da Record TV em Salvador. (Foto: Reprodução)

Em 2018, a Record TV Itapoan, afiliada da rede dos bispos em Salvador, atingiu índices históricos de audiência e nesta terça-feira (13/11) mais uma vez essa tendência se repetiu. Pela terceira vez desde sua criação, a emissora foi líder isolada na média dia (7h à meia noite) com 12,4 pontos de média e share de 28%. A segunda colocada registrou 11,6 pontos.

A primeira vitória ocorreu em 13/06, quando a emissora venceu a concorrente com com 12,3 pontos de média e 26,4% de share.

Em 12/07, a Record TV voltou ao primeiro lugar no ranking de audiência em Salvador com média ainda maior, 12,5 pontos e share de 27%.

E ontem, a emissora também foi líder também na média manhã (7h às 11h59) e na média tarde (meio-dia às 17h59).

Na manhã, marcou 9,5 pontos de média e share de 33%. A segunda colocada ficou com 5,8 pontos..

E à tarde, registrou 14,5 pontos de média e share de 32%. A vice-líder alcançou 10,4 pontos.

Em destaque abaixo estão ainda os programas que venceram a concorrente e ficaram na liderança absoluta:

Bahia no Ar: 10,7 pontos de média e share de 39%. A segunda colocada marcou 8,5 pontos

Fala Brasil: 9,5 pontos de média e share de 39%. A emissora vice-líder atingiu 3,8 pontos.

Hoje em Dia: 8,6 pontos de média e share de 27%, contra 6,6 pontos da emissora S. A emissora G registrou 4,7 pontos e ficou em terceiro lugar.

Balanço Geral Bahia: 18,0 pontos de média e share de 39%. A concorrente ficou com 10,2 pontos.

Bela, A Feia: 13,4 pontos de média e share de 33%, contra 8,5 da segunda colocada.

Luz do Sol: 12,2 pontos de média com share de 29%. A segunda colocada atingiu 9,0.

A Fazenda: 9,0 pontos de média com share de 24%. A vice-líder marcou 8,5.

Continue Lendo

Audiência da TV

A Fazenda vence Amor & Sexo em audiência. Confira os consolidados desta terça-feira, 13

Published

on

Fernanda Lima apresenta o Amor & Sexo. Confira os consolidados. (Foto: Reprodução)

Fernanda Lima apresenta o Amor & Sexo. Confira os consolidados. (Foto: Reprodução)

Na noite desta terça-feira, 13, o programa Amor & Sexo, da Rede Globo, registrou 10,7 de audiência, contra 12,3 de A Fazenda, da Record.

Cada ponto equivale a 71.855 domicílios na Grande SP.

Confira os consolidados de terça-feira, 13 de novembro:

Média do dia (7h/0h): 13,3
Bom Dia São Paulo 9,4
Bom Dia Brasil 9,5
Mais Você 6,8
Bem Estar 6,7
Encontro 6,8
SP1 11,2
Globo Esporte 10,0
Jornal Hoje 10,0
Vídeo Show 8,5
Sessão da Tarde: Um Amor à Altura 10,0
Belíssima 12,4
Malhação 13,1
Espelho da Vida 16,7
SP2 19,7
O Tempo Não Para 22,5
Jornal Nacional 26,3
O Sétimo Guardião 31,3
Sob Pressão 20,7
Amor & Sexo 10,7
Jornal da Globo 7,9
Conversa com Bial 5,9
Empire – Fama e Poder 5,1
Corujão: Os Delírios de Consumo de Becky Bloom 4,2
Hora 1 4,5

Média do dia (7h/0h): 6,9
Primeiro Impacto 5,1
Bom Dia & Cia 6,0
Fofocalizando 5,6
Casos de Família 6,0
Teresa 5,2
Carrossel 6,0
SBT Brasil 6,9
Roda a Roda 9,6
As Aventuras de Poliana 12,6
Chiquititas 11,3
Programa do Ratinho 11,2
Cine Espetacular: O Filho do Máskara 10,7
The Noite 6,4
Roda a Roda (reapresentação) 4,2
SBT Notícias 4,4
SBT Notícias local 4,2

Média do dia (7h/0h): 8,0
Balanço Geral Manhã 1,9
São Paulo no Ar 3,8
Fala Brasil 4,6
Hoje em Dia 4,5
Minuto do Casamento 4,8
Balanço Geral SP 9,4
Bela a Feia 8,0
Luz do Sol 6,5
Essas Mulheres 4,8
Cidade Alerta 10,9
A Terra Prometida 9,5
Jesus 9,9
Jornal da Record 8,9
A Fazenda 10 12,3
Programa do Porchat 6,1
Inteligência e Fé 1,6
Igreja Universal do Reino de Deus 0,5

Leia também:

— Como Maisa Silva tornou-se uma unanimidade
— Danilo Gentili se posiciona a favor de Silvio Santos, após polêmica sobre assédio
— Como Fernanda Montenegro se tornou a dama da dramaturgia no Brasil

Continue Lendo

Audiência da TV

Bela, A Feia reestreia na Record TV sendo líder de audiência em diversas capitais do Brasil

Published

on

Giselle Itié interpretou a protagonista Anabela Palhares em 'Bela, a Feia' (Foto: Reprodução)

Giselle Itié interpretou a protagonista Anabela Palhares em ‘Bela, a Feia’ (Foto: Reprodução)

A estreia de Bela, A Feia, nesta segunda-feira, dia 12/11, explodiu em audiência e deixou a Record TV na liderança absoluta em três capitais do Brasil, sendo elas: Belo Horizonte e Salvador. Na capital mineira, a atração marcou 9,1 pontos de média, contra 6,8 pontos da segunda colocada. Já na capital baiana, a trama foi ainda melhor e registrou 15 pontos de média, contra apenas 9 pontos da outra emissora. Em Vitória a novela ficou em primeiro lugar com 10 pontos de média.

A novela ainda estreou na vice-liderança em outras 10 praças.

Em São Paulo, a média foi de 8,4 pontos e share de 19%. Enquanto isso, a terceira colocada teve 6,4 pontos. Cada ponto equivale a cerca de 71,8 mil domicílios;

No Rio de Janeiro, a trama registrou 7,9 pontos de média e share de 18%, contra 6,5 pontos da concorrente;

Já em Porto Alegre, a média foi de 4,4 pontos contra 4,3 pontos da concorrente;

No Distrito federal, a média foi 9,3 pontos enquanto a outra emissora registrou média de 7,2 pontos;

Em Goiânia, a atração da Record TV ficou com média de 7,6 pontos. A concorrente que ocupou o terceiro lugar teve média de 6,4 pontos;

Em Campinas, a média foi de 6,2 pontos. Já a terceira colocada fechou com média de apenas 5,1 pontos;

Em Belém, consolidou média de 10,5 pontos, contra 8,2 pontos da concorrente.

Já em Manaus, a média foi de 10,9 pontos enquanto a outra emissora ficou com 8,9 pontos;

Em Florianópolis, a atração registrou 5,7 pontos de média, contra 4,5 pontos da concorrência;

Em Curitiba, trama marcou 5 pontos de média.

Uma das novelas mais conhecidas do mundo, Bety, la Fea ganhou uma versão brasileira escrita por Gisele Joras e dirigida por Edson Spinello em 2009. A adaptação nacional, que tem o charme carioca com tramas dinâmicas, muito humor, amor e mistérios é protagizada por Giselle Itié.

Leia também: Globais se unem para criticar postura de Silvio Santos nas redes sociais

Continue Lendo

Enquete

Advertisement

Siga-nos no Twitter

Advertisement

Curta-nos no Facebook!

Advertisement

Copyright © 2018 O Canal - Onde a TV vira notícia!