Connect with us

Novelas

SBT cancela faixa mexicana e escala reprise de Carrossel para barrar Cidade Alerta

Published

on

Maísa Silva e Larissa Manoela eram algumas das protagonistas de Carrossel. (Foto: SBT)

O SBT, em mais uma mudança na grade exigida por Silvio Santos, está prestes de estrear a quarta exibição da novela Carrossel em seis anos, trama qual foi escrita por Iris Abravanel em 2012.

Segundo informações do jornalista Ricardo Feltrin, do UOL, se nada mudar até lá, a novela “Carrossel” irá voltar ao ar em agosto no SBT, no horário nobre, completando a exibição de três novelas infantis na faixa.

Porém, para isso, será cancelada mais uma faixa das novelas mexicanas na emissora. Atualmente, às 18h15, horário em que “Carrossel” deve estrear, a emissora exibe a novela “Amanhã É Para Sempre”.

Portanto, a trama infantil seria exibida logo depois da inédita “Que Pobres Tão Ricos”, que estreia na próxima semana já emissora. Na sequência, o jornal “SBT Brasil”, até ir ao ar a dobradinha entre “Poliana” e “Chiquititas”.

A decisão era esperada, até então. Isso porque, diferentemente de “Coração Indomável”, o SBT ainda não anunciou nenhuma substituta de “Amanhã É Para Sempre”. Nas últimas semanas, apenas um teaser misterioso da novela “Carrossel” vem sendo exibido em toda a grade.

A mudança também tem um objetivo: vencer o “Cidade Alerta” de Luiz Bacci da Record TV que, mês a mês, vem crescendo em audiencia e disparando no segundo lugar – algumas vezes até chegando a liderança contra a Globo.

decisão final, porém, vai ficar nas mãos de Silvio Santos, conhecido por mudar a grade de última hora e exigir de última hora que a direção do canal cancele, estreie ou troque de horario qualquer programa da casa. Vamos aguardar!

Clique para comentar!

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
Notify of

Novelas

O que dizem os defensores de novelas mais curtas

Published

on

Globo e o sucesso de suas novelas. (Foto: Reprodução)

Globo e o sucesso de suas novelas. (Foto: Reprodução)

A teledramaturgia é um dos principais carros-chefe de diversas emissoras no país. Geralmente, é o produto de maior interesse dos telespectadores, que param qualquer atividade para não perder aquele capítulo em que algo especial vai acontecer – o que as tornam também alvo de patrocinadores, tornando-as cada vez mais rentáveis. Porém, quando se coloca em comparação as novelas da última década com as novelas da década atual, pode-se perceber uma diferença que vem crescendo cada vez mais, em um ritmo bem sutil, porém que não passou despercebido pelos olhos mais atentos: a duração dessas novelas.

Nos últimos anos, essas atrações vem perdendo duração, tanto em capítulos quanto em minutos por capítulo. Isso se dá principalmente pelos “mentores” desses projetos: os autores. Eles têm defendido o corte no tempo em que suas criações ficam em exibição – e cada vez mais deles adentram o movimento. Lauro César Muniz, um dos nomes com maior credibilidade no assunto, dono de títulos de sucesso em várias emissoras e, principalmente na Globo, falava sobre o assunto desde 2012, afirmando que isso se tornaria uma tendência – fato que se provou verdadeiro, mesmo todos tendo ignorado a “profecia” do escritor.

A maior produtora de teledramaturgia do Brasil e da América Latina, a Rede Globo, chegou até a encomendar uma pesquisa sobre o tema, o que gerou uma grande discussão nos bastidores da emissora carioca e resultou na decisão de encurtar um pouco mais suas novelas. Quanto comparados números, essa decisão de torna bastante evidente: a novela O Clone, que foi ao ar no horário nobre e que foi exibida na década passada apresenta um total de 221 capítulos, esses com duração média de 75 minutos; enquanto isso, a última novela do horário nobre que chegou ao fim, Segundo Sol, apresenta apenas 155 capítulos com uma duração média de 60 minutos. A mudança já chegou.

Um dos motivos do longo prazo no qual essas mudanças ocorreram, de acordo com a direção da emissora, é que sempre houve uma dificuldade de se fazer novelas muito curtas devido, principalmente, ao custo: sem espaço para publicidade, a trama não se paga. Com uma faixa de horário menor, menor também seria o número de patrocinadores para esse horário – que sempre foi o mais rentável da emissora. Muitos especialistas, no entanto, discordam. Para eles, novelas de menos capítulos e duração reduzida também reduziriam gastos, uma vez que teriam uma equipe mais enxuta, com menos núcleos e menos cenários.

Agora, a tendência é de que a Globo faça novelas ainda mais curtas que as atuais nos próximos anos, com cerca de 120 capítulos no máximo, porém não diminuindo significativamente a minutagem dos episódios.

Leia Também
— Por que Marina Ruy Barbosa tem mais espaço na Globo que Bruna Marquezine
— O que tornouque tornou Emílio Dantas o queridinho da Globo
— O casamento tardio entre Tony Ramos e Aguinaldo Silva

Continue Lendo

Novelas

O motivo que faz o diretor de “Os Dez Mandamentos” estar insatisfeito com a Record

Published

on

dez-mandamentos

Alexandre Avancini dirigindo “Os Dez Mandamentos” (Divulgação/Record)

O atraso da substituta da novela “Jesus” não deixou apenas a Record TV incomodada. O diretor Alexandre Avancini não ficou satisfeito de ter saído de “Gênesis” e ter sido remanejado para “Jezabel”. Pelo menos é o que dizem fontes do “O CANAL”.

Com o atraso da produção de “Gênesis”, história desenvolvida por Gustavo Reiz, a emissora, juntamente com a produtora Casablanca, decidiram adiar a trama e alterar a ordem de exibição. “Jezabel”, criação de Cristianne Fridman, pensada como minissérie de 20 episódios, agora será uma novela de 80 capítulos.

Alexandre Avancini, antes diretor-geral de “Gênesis”, foi levado para a obra de Fridman. O diretor, muito profissional que é, acatou a decisão, entretanto, não demonstrou empolgação com a alteração, pois ele estava bastante envolvido com a história de Reiz.

Avancini tenta voltar para “Gênesis” e busca semanalmente conversar com o vice-presidente artístico da Record TV, Marcelo Silva, para poder trabalhar com Gustavo normalmente. Entretanto, de acordo com profissionais que estão envolvidos com os dois projetos, a tendência é que o pedido do diretor não seja atendido.

ENTENDA A HISTÓRIA

A novela “Jesus” tem conseguindo apresentar índices de audiência satisfatórias para Record TV, apesar de estar longe de alcançar o mesmo sucesso que “Os Dez Mandamentos”. Elogiada pelos detalhes técnicos, a trama da autora Paula Richard pode ser esticada.

Engane-se quem acredita que este esticamento ocorrerá pelo prestígio e audiência da história. A substituta de “Jesus” seria “Gênesis”, de Gustavo Reiz, no qual teria a direção de Alexandre Avancini. Contudo, a novela de Reiz precisou ser adiada em virtude de um maior período de preparo para produção.

Desta forma, a Casablanca, empresa responsável pela produção da trama, teve que acelerar o processo de “Jezabel”, história de Cristianne Fridman, para substituir a atual novela bíblica. Inicialmente uma minissérie de 20 episódios, “Jezabel” se tornou uma novela de 80 capítulos.

Avancini foi designado para a obra de Fridman, nascendo uma nova preocupação para Record TV. Isto porque Alexandre é um dos diretores mais detalhistas do país, ou seja, suas produções costumam levar tempo para ganharem ritmo.

“O Avancini lembra muito o Luiz Fernando de Carvalho. Ele pensa em todos os detalhes e leva tempo para que a produção fique encorpada e entre no ritmo frenético que é uma novela. Suas pré-produções são lentas mesmo”, afirmou uma fonte do “O Canal”.

Prevista para entrar em fevereiro, “Jezabel” pode também ser adiada e estrear apenas no mês de maio do ano que vem. Isto significa que “Jesus” poderá ser esticada por mais dois meses, mesmo com a manobra da Record TV. Não há informações se a direção da casa e a autora Paula já estão conversando sobre o esticamento, mas o assunto deve vir a torna em breve.

Resta saber se a emissora vai definir o esticamento ou Avancini terá que acelerar a produção de “Jezabel”.

Leia mais:

Os acontecimentos mais marcantes da TV no dia 18 de novembro

A estratégia da Globoplay para se solidificar enquanto streaming

Continue Lendo

Jesus

Os imprevistos que podem levar ao esticamento da novela Jesus

Published

on

Cena da novela Jesus, da Record. (Foto: Reprodução/Record)

Cena da novela Jesus, da Record. (Foto: Reprodução/Record)

A novela “Jesus” tem conseguindo apresentar índices de audiência satisfatórias para Record TV, apesar de estar longe de alcançar o mesmo sucesso que “Os Dez Mandamentos”. Elogiada pelos detalhes técnicos, a trama da autora Paula Richard pode ser esticada.

Engane-se quem acredita que este esticamento ocorrerá pelo prestígio e audiência da história. A substituta de “Jesus” seria “Gênesis”, de Gustavo Reiz, no qual teria a direção de Alexandre Avancini. Contudo, a novela de Reiz precisou ser adiada em virtude de um maior período de preparo para produção.

Desta forma, a Casablanca, empresa responsável pela produção da trama, teve que acelerar o processo de “Jezabel”, história de Cristianne Fridman, para substituir a atual novela bíblica. Inicialmente uma minissérie de 20 episódios, “Jezabel” se tornou uma novela de 80 capítulos.

Avancini foi designado para a obra de Fridman, nascendo uma nova preocupação para Record TV. Isto porque Alexandre é um dos diretores mais detalhistas do país, ou seja, suas produções costumam levar tempo para ganharem ritmo.

“O Avancini lembra muito o Luiz Fernando de Carvalho. Ele pensa em todos os detalhes e leva tempo para que a produção fique encorpada e entre no ritmo frenético que é uma novela. Suas pré-produções são lentas mesmo”, afirmou uma fonte do “O Canal”.

Prevista para entrar em fevereiro, “Jezabel” pode também ser adiada e estrear apenas no mês de maio do ano que vem. Isto significa que “Jesus” poderá ser esticada por mais dois meses, mesmo com a manobra da Record TV. Não há informações se a direção da casa e a autora Paula já estão conversando sobre o esticamento, mas o assunto deve vir a torna em breve.

Resta saber se a emissora vai definir o esticamento ou Avancini terá que acelerar a produção de “Jezabel”.

Leia mais:

Antes fenômeno, o que fez Poliana perder fôlego e audiência

Agents of S.H.I.E.L.D. é renovada antecipadamente para a 7ª temporada

Continue Lendo

Enquete

Advertisement

Siga-nos no Twitter

Advertisement

Curta-nos no Facebook!

Advertisement

Copyright © 2018 O Canal - Onde a TV vira notícia!